The Christian Post > Mundo|Seg, 5 Set. 2011 15:13 PM EST

A Tempestade Tropical Lee que Causou Mortes, Tornados Inundações

PorHamlet Kim | Repórter do The Christian Post

Pelo menos cinco mortes aparentemente relacionadas à tempestade tropical Lee foram relatadas, e tornados gerados por ela foram avistados a partir da Louisiana, Costa do Golfo em direção ao estado da Flórida, até a manhã de segunda-feira.Lee foi rebaixada à uma depressão tropical, mas a ameaça de mais inundações permanece.

Na Segunda-feira a Reuters citou investigadores da polícia falando sobre um acidente de carro em Mobile, Alabama, que matou um homem e deixou vários outros feridos na manhã de domingo pode ter sido devido às condições de umidade associada à chegada da Tempestade Tropical Lee.

Mais tarde, na tarde de domingo, um jovem não identificado se afogou no leste de Fort Morgan, Alabama. De acordo com investigadores da polícia de Baldwin, o falecido era um dos dois jovens que foram arrastados nas águas agitadas pela Lee. A mãe da jovem fez tentativas de resgate, mas foi arrastada, disse à Reuters. A mãe e um segundo jovem foram resgatados, e a busca pelo primeiro jovem foi suspensa na noite de domingo.

A CNN relatou que uma mãe e seu filho de 18 meses de idade foram mortos quando sua casa móvel pegou foto no leste Texas perto da cidade de Gladewate no domingo devido a um incêndio provocado pela Lee.

No sábado, um homem se afogou no Texas, quando perdeu a prancha na água agitada de uma praia de Galveston, segundo a Reuters. Seu corpo foi recuperado cerca de 150 metros da praia, algumas horas depois.

Mais de uma dúzia tornados avistados foram relatados a partir da Louisiana, costa do golfo em direção à parte noroeste da Flórida, e avisos do tornado estavam em vigor domingo para os municípios de Baldwin Mobile no sudoeste, Alabama e os municípios de Greene, Jasper, Perry e Wayne no sul do Mississippi, reportou a Reuters. Enquanto não houve confirmação oficial de tornados atingindo a área, pelo menos três twisters e nuvens funil estavam sendo monitoradas perto de Mobile, Alabama, e a parte central do Mississippi perto Hattiesburg.

Curta-nos no Facebook

A Associated Press disse que a Lee provocou cerca de 28 cm de chuva em Nova Orleans. As áreas do Alabama, Louisiana e Mississippi, perto da costa relataram dano espalhados provocados pelo vento e inundações, enquanto os diques de Nova Orleans e o sistema de bombeamento estavam fazendo o seu trabalho, acrescentou.

Esperava-se que a Lee passasse ao sul do Mississippi na segunda-feira, e até 20 centímetros de chuva era esperada em alguns pontos na noite de segunda-feira enquanto Lee ia para o norte em direção ao vale Tennessee, de acordo com o Centro Nacional de Furacão. "Espera-se que essas chuvas causem grandes inundações".

A ameaça da enchente Lee poderia ser mais grave conforme a chuva se move da região do Golfo para os Apalaches, a AP citou o especialista do Centro Nacional de Furacões, Robbie Berg dizendo. Mais perto do Golfo, a água "só vai ficar por lá alguns de dias. Depois no Apalaches você recebe mais ameaça de enchentes".

Com o tempo, é esperado que Lee despeje uma chuva considerável na parte oriental do país, incluindo Nova Jersey , Nova York e Vermont , onde os solos estão encharcados e os rios já estão cheios após a Irene, disse a CNN.

"Vai... ser uma longa e lenta vigem através do Sudeste para o Apalaches ", disse o meteorologista da CNN Jacqui Jeras. "As fortes chuvas e inundações do interior continuam a ser a maior preocupação".

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca