The Christian Post > Cotidiano|Sex, 20 Abr. 2012 17:34 PM EST

'As Escrituras condenam a homossexualidade; não é da minha conta dar opiniões,' diz pastor

PorNicola Menzie | Repórter do The Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

Falando com Oprah Winfrey durante a sua nova série, "Próximo Capítulo de Oprah," o bispo TD Jakes da The Potter's House em Dallas, Texas, disse à magnata da mídia que pensa que os atos homossexuais são condenados nas Escrituras e não é seu trabalho como um pastor dar opiniões pessoais.

  • td-jakes
    [Photo: The Christian Post]
    Bishop TD Jakes do The Potter's House fala no Gospelfest do McDonald`s, em Newark, NJ, 18 de junho de 2011

Jakes, cuja igreja possui cerca de 30.000 membros, apareceu no "Capítulo de Oprah Next" em 8 de abril para discutir o seu ministério, casamento, e como ele lida com os críticos. Também na conversa, que em um ponto incluiu a esposa do pastor Serita Jakes, foram trazidas acusações de algumas pessoas não bem-vindas pela megaigreja de Jakes.

"Quer dizer que todo mundo é abraçado em sua igreja?" Winfrey perguntou. "Porque você sabe que você foi acusado de dizer que as pessoas gays não seriam bem-vindas."

"Isso não é verdade", Jakes começou. "A percepção em nossa sociedade hoje é que se você não disser que você é a favor do casamento homossexual ou se você disser que a homossexualidade é um pecado você é homofóbico e você é contra os gays. E isso não é verdade."

O pastor continuou: "Eu não sou chamado para dar minha opinião. Eu sou chamado como um pastor para dar a posição bíblica sobre isso", acrescentou o pastor. "Não significa que eu tenho que concordar com você para te amar. Eu não desprezo ninguém. Eu amo todo mundo."

Winfrey passou a perguntar se Jakes pensa que ser gay é um pecado.

Curta-nos no Facebook

"Eu acho que o sexo entre duas pessoas do mesmo sexo é condenado nas Escrituras, e enquanto ele for condenado nas Escrituras, eu não posso dizer o que acho. Eu preciso dizer o que a Bíblia diz," Jakes disse.

"Eu não sou particularmente político. Eu não sou particularmente denominacional. Eu não estou preocupado com nada disso", acrescentou. "Eu não sou anti-gay, eu não sou anti-nada. Eu não quero nem mesmo ser conhecido por aquilo que eu sou contra."

Os críticos imediatamente desmentiram os comentários de Jakes taxando as declarações do pastor como "homofóbicas" e "anti-gays", com algumas nos meios de comunicação liberais. Eles chamam até mesmo o pastor da mega igreja de hipócrita à luz de um incidente envolvendo um de seus filhos vários anos atrás.

A Gawker.com sediada em Nova York retratou a Winfrey enquanto perguntava a Jakes se ele "gostava de pessoas homossexuais", enquanto chamava o ministro de fanático.

"[...] Ela deixa Jakes erigir o sentimento anti-gay enquanto ele nega ser homofóbico", Rich Juzwiak do Gawker, escreve em seu artigo, intitulado "Pastor Anti-Gay não quer ser conhecido por ser anti-gay".

Juzwiak afirma que, "descordar" dos gays, é na verdade um "desacordar com algo que é fundamental para sua existência: como eles se amam." Ele passa a insinuar que possuir uma visão bíblica da homossexualidade "valoriza uma instituição mais que os seres humanos que vão amar uns aos outros e estar juntos de qualquer maneira, como acontece desde a aurora dos tempos."

Chamando com desdém o "amor" de Jakes para os homossexuais sem valor, Juzwiak aponta para um relatório de 2009 sobre a prisão por "assédio sexual gay" de Jermaine Jakes em um parque local. O enteado Jakes foi acusado de expor-se a dois policiais disfarçados.

A publicação gay, Dallasvoice.com, levou a crítica de Jakes baseada na Escritura e homossexualidade ainda mais além. Ela afirma que o ministro "está condenando a incontável juventude LGBTQ que está entre o rebanho da Potter’s House, talvez empurrando a alguns para mais perto do suicídio" e envergonhando aqueles possivelmente infectados com o HIV/SIDA por meio de um encontro homossexual.

Em sua entrevista no "Próximo Capítulo de Oprah", Jakes disse à Winfrey que ele quer ser conhecido por aquilo que ele é a favor, dizendo: "Eu sou a favor de pessoas que se melhoram, não importa quem eles são e onde estão, fazendo tudo o que podem para ser tudo o que podem ser".

A Potter’s House, uma igreja não-denominacional, com dezenas de ministérios alcance, foi fundada em 1996 e "reúne os fracassados, os sem-teto e infrator liberados, para sentarem-se ao lado dos promissores, da celebridade e do líder da comunidade," de acordo com uma descrição em seu site.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca