The Christian Post > Cotidiano|Seg, 15 Jul. 2013 14:49 PM EST

Assassino se entrega a pastor evangélico com medo de ser linchado pela população

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

Nesta sexta-feira, um assaltante acusado de roubar e executar um empresário em Vigia, nordeste do Pará, se entregou a um pastor evangélico, depois que a população pretendia fazer justiça com as próprias mãos.

  • crime
    (Foto: Divulgação)

Felipe Monteiro Barbosa, 22, conhecido como “Mister M” procurou uma igreja evangélica para se entregar, temendo morrer nas mãos do povo. Ele foi levado à delegacia do município pelo pastor, onde se entregou e foi em seguida preso.

Felipe teve que ser transferido para Castanhal, depois que sua prisão ficou conhecida no local e levantou os ‘ânimos’ da população.

Felipe disparou dois tiros contra o empresário do ramo da pesca Francisco de Assis Rodrigues, 53 anos na última quarta-feira. Ele, juntamente com mais dois bandidos pretendiam roubar R$ 30 mil que seriam usados para pagar a tripulação de um barco de pesca.

Os pescadores reagiram ao assalto e os bandidos atiraram contra eles. Um dos suspeitos, Marcos Jorge dos Santos, foi preso pela polícia seis horas depois do incidente, depois que ele teria se jogado no mar para não morrer nas mãos do povo que já lhe havia começado a espancar.

Segundo a polícia, Felipe, o “Mister M” deu risada quando deu seu depoimento sobre a execução da vítima. “Nós fomos lá, né, cara? A gente sabia que tinha dinheiro no barco e fomos meter o bicho. Aí ele (vítima) reagiu e não tive escolha a não ser atirar, porque iam matar o moleque (bandido). Fui eu que atirei mesmo! Não me arrependo.”

Curta-nos no Facebook

Não há informações exatas sobre o paradeiro do terceiro acusado, Max Santiago dos Santos, conhecido como “Camarão”. A polícia acredita que ele tenha sido morto pelos pescadores na embarcação, depois de o espancaram, esfaquearem e jogarem seu corpo ao mar.

As polícias Civil e Militar começaram uma busca intensa para encontrar o acusados, visto que a população se armou para fazer ‘justiça com as próprias mãos’. Desta maneira, a polícia clama para que o terceiro acusado, caso esteja vivo, se entregue, pois a população está revoltada.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca