The Christian Post > Cotidiano|Qui, 8 Abr. 2010 05:31 AM EST

Batistas Apontam Falhas do “Culto Doméstico”

PorAudrey Barrick | Repórter do Christian Post

O “Culto Doméstico” é um fenômeno em crescimento que tem preocupado alguns cristãos.

Related Topics

As reuniões para louvor familiar em que o Papai prega são “preciosas” quando feitas diariamente, mas elas não devem substituir a Igreja, disseram os anciãos da Igreja Batista Hope de Wake Forest, Carolina do Norte.

“Quando falamos do movimento da Igreja doméstica perdemos a definição do que uma Igreja é”, disse Dan Horn, de acordo com Centro Nacional para Igrejas Integradas por Famílias. “Acho que Calvino provavelmente estava certo quando definiu que tendo a Igreja a pregação da Palavra, tem a administração correta dos sacramentos e tem a disciplina da Igreja."

“O problema é que a maioria das Igrejas domésticas que conheço falhou em um, ou em todos os dois pontos, especialmente no último.”

Os anciãos da Igreja Batista reconhecem que há uma grande quantidade de Igrejas em casa e que há Igrejas legítimas que se reúnem em casa. Reunir-se em casa por si só não é o problema.

Mas uma Igreja doméstica em que apenas a família biológica se reúne ou mesmo uma em que diversas famílias se reúnem, mas que estejam perdendo as marcas de um Novo Testamento, não é bíblico, afirmam os batistas de Wake Forest.

Curta-nos no Facebook

“Não devemos misturar as coisas colocando o rótulo de ‘Igreja’ lá, disse Steven Breagy.

As preocupações dos líderes da Igreja chegam à medida que estudos mostram um crescente movimento de Igrejas em casa nos Estados Unidos junto com uma crescente aceitação da legitimidade das Igrejas domésticas como alternativas à Igreja convencional.

Um estudo do Grupo Barna descobriu em 2008 que uma maioria de americanos adultos crêem que participar em atividades ligada à fé em casa com a família de alguém e participar numa Igreja é “um modo completo e biblicamente válido para alguém que não participa nos cultos ou atividades de uma Igreja convencional ter experiência e expressar sua fé em Deus”.

Scott Brown, que lidera o Centro Nacional para Igrejas Integradas por Famílias, esbarrou em muita gente que está cultuando em casa. Ele descobriu que alguns estão envolvidos nisso porque estão num período de transição e ainda tem que encontrar uma Igreja na comunidade.

Outros estão cultuando em casa por causa de uma experiência ruim que tiveram numa Igreja ou por uma insatisfação com as Igrejas que freqüentavam.

Apesar de o Novo Testamento conter relatos de Igrejas que se reuniam em casa, Brown destacou que não era apenas a família biológica que se reunia.

“Realmente não nos é adequado criar nosso próprio tipo de vida na Igreja”, ele disse. “Deus determinou as coisas assim e é uma bela determinação tal como é e exatamente do que nós precisamos”.

O que constitui uma Igreja bíblica, afirmaram os anciãos batistas e líderes de ministério, é: Pregação bíblica, governo eclesiástico (incluindo anciãos qualificados), disciplina da Igreja, o compartilhamento de dons espirituais para a edificação do corpo de Cristo e santificação nos relacionamentos na comunidade da Igreja.

“Freqüentemente, a razão pela qual as pessoas estão cultuando em casa é porque elas não querem estar sob alguma autoridade”, disse Horn. “Quando rejeitamos a autoridade, estamos rejeitando o Evangelho”
Um sermão bem preparado também é a chave, dizem eles.

Simplesmente se reunir para compartilhar “o que está em seus corações” não é um conceito bíblico de verdade, “pelo menos não da forma [do que é] abrangentemente necessária por uma Igreja local", disse Breagy.

“O que a Igreja realmente precisa é de um homem de Deus se esmere sobre um texto durante o andamento da semana, e realmente trabalhe duro de forma que o sermão de domingo seja mais do que apenas compartilhar o que está em seu coração”, ele observou. “é o resultado do estudo de uma semana inteira.”

Os anciãos encorajaram os freqüentadores de Igrejas em casa a encontrar uma Igreja bíblica.

“Ame uma Igreja como Cristo amou a Igreja e se deu, a si mesmo, por ela”, Brown encoraja.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca