The Christian Post > Política|Qui, 29 Jul. 2010 17:12 PM EST

Bispo Presidente da ELCA Solicita a Reforma da Imigração em Carta a Obama

PorJoshua A. Goldberg | Christian Post Reporter tradutor Thaís Martinez Gomes

Em reunião da Assembléia Luterana global focada na redução da fome, o chefe da Igreja Evangélica Luterana na América reiterou ao presidente Obama, de sua denominação, uma chamada para a reforma da imigração.

Se o Congresso não aprovar uma reforma abrangente da imigração em breve, os legisladores estaduais e municipais continuarão a fazer uma política própria de imigração, escreveu o Bispo Presidente da ELCA, Rev. Mark S. Hanson, em uma carta datada de terça-feira, último dia da 11º Assembléia de toda a Federação Luterana Mundial.

"Isso criaria um mosaico de diferentes e insustentáveis leis locais e geraria confusão para os funcionários de ordem pública e pessoas legalmente residentes, bem como maior sofrimento para os ilegais,” afirmou Hanson, segundo a sua denominação, ao serviço de notícias de imprensa de sua denominação.

No ano passado, o Conselho da Igreja ELCA aprovou uma resolução política social que compromete a denominação a buscar, ser compassiva, justa e sábia com relação à reforma da imigração.

Como parte da resolução, a denominação se comprometeu a reunir famílias e de integrar os marginalizados, protegendo os direitos das pessoas no trabalho e apoiando o estabelecimento de condições justas e humanas de trabalho, entre outros compromissos.

Os luteranos crêem que a hospitalidade é um valor central, explica Hanson em sua carta ao presidente, terça-feira.

Curta-nos no Facebook

No entanto, enquanto a ELCA tem um compromisso forte para a defesa eficaz, Hanson reconhece as consequências devastadoras de um sistema falho de imigração, com o qual o país terá que continuar a lidar com ou sem uma mudança significativa na política de imigração Norte-americana.

Em sua carta, Hanson disse a Obama que um projeto de lei bi-partidário é possível "com base nos esforços [de] apenas alguns anos atrás."

De volta ao verão de 2007, sob a administração Bush, um projeto de lei de imigração abrangente de reforma foi elaborado por um grupo bipartidário de senadores e os negociadores da Casa Branca.

O projeto de reforma da imigração buscou fornecer um caminho para cerca de 12 milhões de imigrantes ilegais no país para se tornarem cidadãos, aumentar a segurança nas fronteiras e impor rigorosas de leis de fiscalização e contra empregadores que contratam imigrantes ilegais.

Três quartos dos republicanos no Senado, no entanto, terminou por votar pelo veto do projeto, que caiu 14 votos aquém dos 60 necessários para limitar o debate e movê-lo para aprovação final. Os opositores republicanos denunciaram o projeto de lei como sendo para o fornecimento de anistia para imigrantes ilegais no país.

Em sua carta, Hanson disse que sua denominação iria continuar a pedir uma ampla reforma do sistema de imigração dos Estados Unidos, enquanto luta com outros modelos e promover o discurso civil sobre estas e outras questões.

"Somos uma Igreja esperançosa e nós estamos empenhados em trabalhar para um futuro melhor para as pessoas que migram e para o nosso país," escreveu ele.

Com 4.600.000 membros, a ELCA é a maior denominação luterana no país.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca