The Christian Post > Mundo|Ter, 11 Set. 2012 11:56 AM EST

Casamento gay é mais prejudicial do que fumar, diz líder cristão

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O líder cristão do Lobby Cristão Australiano, Jim Wallace, afirmou recentemente que o casamento gay é mais prejudicial do que fumar, gerando debates.

  • união gay
    (Foto: Reuters)
    União homossexual. Acontece nesta segunda-feira o primeiro casamento civil gay do Brasil, em São Paulo, segundo o Tribunal de Justiça e a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

“Eu creio que iremos dar um grande pedido de perdão aos fumantes quando as estatísticas de saúde da comunidade homossexual (...) tiverem taxas maiores de consumo de drogas, de suicídio”, disse Wallace, de acordo com o The Age.

Ele ainda apontou que o tabagismo reduz a vida de uma pessoa em até 10 anos, comparando com uma redução de até 20 anos para homens da comunidade homossexual.

Wallace deu a declaração durante um debate sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo na Universidade da Tasmânia (Austrália) e gerou críticas e discussões sobre o assunto.

A senadora Christine Milne, líder do Partido Verde, disse que o discurso de Wallace foi de homofobia.

O discurso também levou a primeira ministra Julia Gillard desistir de discursar na conferência nacional do Lobby em outubro, acreditando que as palavras de Wallace foram ofensivas.

Curta-nos no Facebook

O líder cristão, entretanto, rebateu dizendo que seus comentários foram mal representados de maneira a que os gays ativistas vencessem o debate sobre o casamento gay. E afirmou também que os “verdes” muitas vezes demonizam as igrejas com “discursos de ódio” e se preocupam mais com árvores do que com crianças.

A declaração foi feita quase simultaneamente a um estudo do Simpósio Europeu de Suicídio e Conduta Suicida, que mostra que as taxas de suicídio são mais altas entre os segmentos gays. O estudo, que focou nos jovens isreaelenses, encontrou que mais de 20% dos gays religiosos tentam suicídio.

Um artigo do site conservador WND (antigo World News Daily) também apontou para os riscos de doenças através das relações homossexuais. A matéria intitulada “Como promiscuidade gay pode te deixar doente” foi feita pelo Centro para Política Matrimonial e compara com o abuso de drogas e tabagismo.

“A política pública deve desencorajar a promiscuidade e homossexualidade, pelas mesmas razões que desencorajam o abuso de drogas e o tabagismo,” lê-se um panfleto do Centro, segundo o Take Part. “Porque as pessoas que você nem mesmo conhece fazendo sexo faz você e todos ao seu redor ficarem doentes”.

O presidente e diretor executivo do Centro também enfatizou que “crianças criadas por pais homossexuais são dramaticamente mais prováveis de sofrerem de uma série de problemas sociais do aqueles criados por pais heterossexuais.”

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca