The Christian Post > Tecnologia|Seg, 20 Jun. 2011 10:30 AM EST

Ciência e Criacionismo Podem Coexistir? Um Autor Cristão Diz Sim

PorStephanie Samuel | Repórter do The Christian Post

Podem as teorias da ciência e da história da criação estarem unidas de maneira a afirmar a veracidade da Bíblia? Segundo, o Professor de Matemática da Oxford, John Lennox isso pode acontecer.

  • criacionismo
    (Foto: Creative Commons/Bluedharma)
    Podem as teorias da ciência e da história da criação estarem unidas de maneira a afirmar a veracidade da Bíblia? Segundo, o Professor de Matemática da Oxford, John Lennox isso pode acontecer.

Em seu livro recentemente publicado, Sete Dias que Dividem o Mundo, Lennox se propõe a provar que os Cristãos podem acreditar nas teorias da ciência e manter a verdade das Escrituras.

“Eu acho que às vezes as pessoas têm sido ensinadas que há apenas duas possibilidades: a possibilidade um é aquela que se você é fiel às Escrituras, você tem que ser um criacionista da terra, caso contrário você é um evolucionista ou um evolucionista teísta, e você não é fiel à Escritura”, explicou ele ao The Christian Post. “Eu não acho que esse é o caso ... toda a questão do livro é explicar isso em alguns detalhes”.

Lennox escreve que todas as maravilhas do universo afirmam a existência de Deus da Bíblia.

Por isso, ele disse ao CP, “não é questão de se tentar manter [com a ciência], mas é uma questão de olhar para o que Deus revelou por Ele mesmo em natureza, e olhar para o que Deus revelou de Si mesmo na Bíblia e tentar dar sentido a esses dois”.

Com esse pensamento, Lennox convence os Cristãos que não devem ter medo de explorar a Bíblia onde os testemunhos de Deus da criação do mundo e as descobertas científicas modernas podem cruzar.

Curta-nos no Facebook

Em seu livro, Lennox primeiro sugere que Gênesis ensina aos leitores a possibilidade de que os sete dias são sugestivos de um processo mais complexo.

“Jesus contou parábolas sobre a agricultura, construção e pesca, não sobre as fábricas, aviação e exploração da selva... Suas parábolas são acessíveis a qualquer pessoa em qualquer idade”, explica ele. “Da mesma forma com o Gênesis”.

Ele continua, “Se as explicações bíblicas fossem ao nível de, digamos, da ciência do século vinte e dois, provavelmente seria ininteligível para todos, inclusive aos cientistas hoje. Isso dificilmente poderia ter sido a intenção de Deus.

Lennox, então considera os escritos dos estudiosos do Antigo Testamento tais como John Walton e o falecido Frank Derek Kidner para expressar a possibilidade que sete dias da criação foram escritos como uma estrutura que “pode, então, indicar que há mais texto do que a sequência indicada”.

Analisando a gramática de Gênesis 1:1, Lennox sugere também “que o ‘começo’ de Gênesis 1:1 não necessariamente ocorre em um dia como é frequentemente assumido. A criação inicial ocorreu antes do dia 1”.

O início prolongado separado desde a separação de luz das trevas do primeiro dia de Deus dá aos leitores uma pausa para acreditar que a Terra pode ter sido criada muitos antes de começar os sete dias de 24 horas literais da criação. Ele também dá ao leitor pausa para explorar mais os ingredientes científicos da terra e do universo.

Lennox não encontra uma pausa para evolução, contudo.

Ele escreve que os versículos dos capítulos de Gênesis um e dois – “Que a terra brote vegetação”, “Que a terra produza seres vivos”, “O Senhor Deus formou o homem do pó da terra” – afirma que os seres humanos têm uma química compartilhada com animais e plantas.

No entanto, ele afirma, “Gênesis parece sair de seu caminho para implicar um ato de criação especial direta [para o homem], ao invés de sugerir que os seres humanos surgiram, seja por processos naturais ou ... de hominídeos pré-existentes”.

Lennox não tenta explicar a ciência de hoje através da Bíblia, mas simplesmente mostra que há aberturas para a história da criação e da ciência moderna se sobreporem. Ele também encoraja os Cristãos a procurarem a ocasião para cruzar a ciência com a Bíblia.

Ele adverte os leitores de relegar a Bíblia a um domínio de pensamento e a ciência a outro. Isso torna o caso em que a ciência lida com a realidade, enquanto as crenças bíblicas são fantasia, diz Lennox. Novos ateus, observa ele, já estão fazendo isso neste momento.

Lennox, que também é autor de God’s Undertaker: Has Science Buried God, ensina regularmente sobre a interface entre ciência, filosofia e teologia em defesa do Cristianismo. Ele também debateu ateus conhecidos como Richard Dawkins e Christopher Hitchens.

A Bíblia, ele afirma, está realmente muito à frente de seu tempo cientificamente. Foi a Bíblia, e não ciência, a primeira a proclamar que o universo teve um começo, afirma.

Na verdade, ele observa: "Quando começou a evidência científica para indicar que o universo não havia existido eternamente, alguns cientistas colocaram uma resistência feroz porque achavam que iria dar muito apoio para aqueles que acreditavam na criação."

Deus, afirma Lennox também, começou a ciência por nomeação de Sua criação. A Biologia Online chama a ciência para encontrar, descrever, classificar e nomear a taxonomia dos organismos.

No entanto, a Bíblia tem suas limitações.

"O [Bíblia] não é um livro de ciência", diz o professor de Oxford.

Citando o teólogo João Calvino do século 16, Lennox diz de Gênesis: "Nada é tratado aqui, de forma visível do mundo. Aquele que quiser aprender astronomia e outras artes recônditas, deixe-o ir a outro lugar."

No entanto, ele afirma que a verdadeira ciência e a verdadeira interpretação da Escritura não estão em conflito.

A Igreja primitiva tem mostrado aos Cristãos que é possível conciliar a ciência de um movimento de terra com as Escrituras.

"Temos lidado com controvérsia no passado, onde as pessoas foram divididas e temos resolvido isso de forma que praticamente ninguém que eu já conheci ... acredita que a Terra é fixa", disse Lennox.

Ele acredita que a Igreja de hoje pode voltar a conquistar a controvérsia e divisão em torno das ciências modernas.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca