The Christian Post > Mundo|Ter, 4 Mar. 2014 07:19 AM EST

Colunista diz o que esperar do casamento gay quando todos os Estados Unidos validarem a união

A liberação legal ao casamento gay, mudará a visão sobre a união tradicional, diz colunista

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post

Um colunista conservador, do jornal The New York Times, trouxe à tona recentemente um relatório sobre o que esperar dos Estados Unidos quando todo o país legalizar o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo.

  • Reuters/David Gray
    (Foto: Reuters/David Gray)
    Rua pintada com cores da bandeira gay.

O jornalista Ross Douthat aponta que a plena liberação legal ao casamento gay mudará a visão sobre o matrimônio tradicional, partindo para um "segundo plano cultural, se juntando a uma longa lista de temas sobre os quais os americanos discordam sem fazer uma análise política disto", destaca ele.

Entre alguns exemplos citados por Douthat, ele aborda sobre os casos em que fornecedores cristãos de serviço para casamentos tradicionais não podem se opor ou se recusar a trabalhar para um casal homossexual, por razões de crença, com medo de enfrentar multas ou perder seu negócio.

Ele ainda determina que diante do que a nova legislação impor, os mais conservadores não poderão expor o que pensam esclarecidamente, sendo impedidos de se integrar a grupos sociais, deixando sua religião à margem de uma subcultura.

"A visão da união conjugal masculino-feminino está tão teologicamente enraizado, que fica propício a desaparecer, mas seus adeptos restantes podem ser marginalizados diante dos que se opõem, obrigados apenas a obedecer", acrescenta o colunista.

Ao final, Douthat acusa os próprios cristãos da situação do casamento tradicional ter chegado onde chegou, já que os mais religiosos teriam recebido "muitas oportunidades, em milhares de anos, para tratar os gays com caridade, enquanto frequentemente escolhiam a intolerância", analisa.

Curta-nos no Facebook

Segundo o colunista, teria sido muito mais fácil que os cristãos tivessem olhado e avaliado os seus próprios pecados no passado, para que hoje os homossexuais não encarassem a oposição à união gay como perseguição.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca