The Christian Post > Política|Seg, 28 Jun. 2010 16:27 PM EST

Confirmação da Audiência de Kagan Iniciará Segunda-feira

PorJennifer Riley | Repórter do Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

A audiência do Comitê Judiciário do Senado da nomeação de Elena Kagan da Suprema Corte irá começar com declarações de abertura, segunda-feira, seguindo no próximo dia com o primeiro turno de questionamento.

Apesar de muitos esperarem a confirmação de Kagan, alguns conservatiovos dizem que a obstrução GOP é possível, considerando sua falta de experiência como juiz e seus supostos ensinamentos liberais.

Atualmente, a ex-decana da Escola de Direito de Harvard, 50, é a primeira candidata à Suprema Corte, sem experiência como juiz desde 1972.

E, como o Senador Jeff Sessions, o principal repulicano do comitê, notou, domingo, que Kagan tem “sido agressiva na questão, depois da questão do lado liberal das questões políticas.”

“Contrária ao “blank state” a máquina de mídia da Casa Branca tentou vender ao povo Norte-americano, uma revisão do objetivo do registro de Elena Kagan que revela uma figura surpreendetemente clara de quem ela é,” acrescentou Mario Diaz, diretor de política da Concerned Women for America (CWA) para assuntos legais, na semana passada. “O registro de Kagan é o de uma soldada política liberal, não uma jurista imparcial.”

Mas Diaz fez questão de apontar que a “ideologia radicalmente liberal” de Kagan não é um grande problema.

Curta-nos no Facebook

É sua convicção que os juízes podem “dirigir a lei para promover certos valores éticos e atingir certos fins sociais,” disse ele, que fez dela numa “perigosa real.”
“A questão está além de políticas,” insistiu Diaz. “A CWA poderia opor-se a um juiz disposto a contornar a lei para alcançar as leis que queremos. Juízes devem seguir a lei e a Constituição como foi escrita.”

Apesar da debilidade de Kagan de experiência judicial significar mais focus nas suas visões políticas, os Republicanos do Senado esperam constatar se Kagan pode ser uma juiz imparcial.

“Eu penso que a primeira coisa que precisamos decidir é, se ela é comprometida em decidir da lei mesmo se ela não gostar da lei? Será ela subordinada à Constituição e manterá sua visão política de fora?” disseram as sessões durante sua aparição no domingo na “Face the Nation” da CBS.

Todavia, espera-se que os Republicanos do Senado questionem a candidata do Alto Tribunal de Obama com perguntas variando de controle de armas para campanha da reforma financeira.

Espera-se também que Kagan enfrente questões sobre a constitucionalidade do abrangente sistema de saúde e, talvez, ser perguntada sobre o projeto de lei do regulamento financeiro que poderia ser transformado em lei em poucos dias.

Os grupos de interesses conservativos querem que o GOP monte uma campanha agressiva contra Kagan.

A audiência de Kagan é esperada para os últimos três ou quatro dias do mês, com questionamento preparado para terça-feira. Uma votação final do Senado irá ocorrer antes do final de Julho.

Se confirmado, Kagan deverá ser a terceira mulher na corte bem como a mais jovem da justiça.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca