The Christian Post > Política|Sab, 18 Dez. 2010 18:19 PM EST

Conservadores Propõem ao Senado Repelir a Revogação do 'Não Pergunte, Não Fale'

PorNathan Black | Repórter do Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

O Senado aprovou no sábado, a revogação do "Não pergunte, não Fale" que proíbe homossexuais de servirem abertamente nas Forças Armadas.

  • dont-ask-dont-tell
    (Foto: AP Images Brandon / Alex)
    O senador Joe Lieberman, I-Conn. esquerda, líder da maioria no Senado, o senador Harry Reid, D-Nev., e o senador Carl Levin, D-Mich., caminham para uma coletiva de imprensa sobre o projeto de lei Não Pergunte Não Fale" de uma sessão de sábado incomum no Capitólio, em Washington, sábado 18 de dezembro de 2010. O Senado aprovou um projeto que revoga o 'Não Pergunte Não Fale.'

A revogação passou por 65 a 31, apesar de cartas e telefonemas de organizações conservadoras preocupados com o efeito de uma revogação durante um tempo de guerra.

"Hoje é um dia trágico para as nossas forças armadas," disse o Presidente do Conselho de Pesquisa da Família, Tony Perkins. "Os militares americanos existem para somente um propósito - para lutar e vencer guerras. No entanto, agora foi sequestrado e se transformou em uma ferramenta de impor ao país uma agenda social radical.”

"Isso pode avançar a causa da reformulação de atitudes sociais em relação à sexualidade humana, mas ela só vai fazer mal a capacidade dos militares de cumprir sua missão."

Dias antes, a Câmara aprovou um projeto idêntico contra a política de 1993.

Espera-se que o presidente Barack Obama assine a legislação na próxima semana.

Curta-nos no Facebook

"é hora de encerrar este capítulo da nossa história," disse Obama em um comunicado. "é tempo de reconhecer que o sacrifício de valor e integridade não são mais definidas por orientação sexual do que eles são de raça ou sexo, religião ou credo."

Perkins acusou o Congresso de atender a uma pequena base do Partido Democrata e tentou impor uma revogação, em sessão de término de mandato.

"é claro por que isso foi feito: para não reforçar a capacidade dos militares em cumprir sua missão ou em melhorar a segurança nacional," disse ele. "Pelo contrário, é uma recompensa política para uma parte pequena, mas forte e rica, da base democrata. Eles sabiam que o Congresso eleito no mês passado nunca adotaria tal legislação. Certamente não sem um processo mais atencioso e deliberativo."

O "Não Pergunte, não Fale" foi promulgado pelo Presidente Clinton em 1993, após o Congresso ter aprovado uma lei no mesmo ano a proibição de homossexuais no serviço militar. Embora barre indivíduos abertamente homossexuais no serviço militar dos EUA, também impede os militares de pedir aos membros do serviço a sua orientação sexual.

O Senado já rejeitou um esforço de revogação duas vezes este ano.

O projeto de lei não terá efeito imediato. Obama e seus principais conselheiros militares, incluindo o secretário de Defesa, Robert Gates, deve certificar que o levantamento da proibição não afetará adversamente os militares. Isso será seguido por um período de 60 dias enquanto as novas regras são escritas para os militares.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca