The Christian Post > Mundo|Ter, 15 Mai. 2012 18:18 PM EST

Corte de juros podem indicar novas perspectivas para o Brasil

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

Diversos bancos brasileiros anunciaram recentemente corte de juros no crédito, o que pode estar indicando um “forte ciclo de desenvolvimento econômico e social”, segundo o presidente do banco Bradesco.

Nesta segunda-feira, o Bradesco anunciou uma nova rodada de corte nas taxas de juros cobradas nas operações de crédito, que valerão a partir da próxima semana.

Segundo comunicado divulgado pelo banco, a taxa mínima mensal do cheque especial, por exemplo, caiu de 8,90% para 4 70%. Já o juro máximo para utilização do crédito pessoal saiu de 7,31% para 4,70% ao mês, e as taxas do crédito consignado ficaram em 2,10%.

O presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, em nota à imprensa, afirmou que a tendência de redução da taxa de juros da economia abre novas perspectivas ao país.

“Taxas de juros menores, num país como o Brasil, de responsabilidade fiscal, setor privado dinâmico e economia diversificada, são ingredientes para um forte ciclo de desenvolvimento econômico e social”, afirmou Cappi.

O banco Santander também anunciou redução das taxas de juros, nesta segunda-feira, com o corte atingindo várias linhas de financiamento para clientes com maior relacionamento com o banco.

Curta-nos no Facebook

O corte abrangeu o crédito pessoal, cheque especial, cartão de crédito e financiamento de veículos, além de mudanças em linhas para pequenas e médias empresas.

“As medidas mostram nosso compromisso de buscar alternativas inovadoras para oferecer soluções que atendam às necessidades do cliente, seja pessoa física ou jurídica. É uma forma de estimular o crescimento do País”, disse, também em nota, o presidente do Santander, Marcial Portela.

Apesar dos anúncios de corte de juros, especialistas afirmam que não é hora para empréstimo. Segundo Nelson de Sousa, professor de Finanças do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec/RJ), as taxas ainda estão elevadas.

“O ideal é pagar à vista. Lógico que o financiamento é interessante, mas não nas condições atuais”, disse Nelson.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca