The Christian Post > Política|Seg, 21 Jun. 2010 17:25 PM EST

Criminoso Sexual Pede à Alta Corte (NH) para Ir à Igreja

PorLawrence D. Jones | Repórter do Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

Um criminoso sexual em Nova Hampshire que passou sete anos na prisão por seus crimes, está pedindo à suprema corte para conceder-lhe permissão de atender uma Igreja com um acompanhante.

Jonathan Perfetto, 35, declarou-se culpado em 2002 por 61 acusações de possessão de pornografia infantil, e foi liberado em 2009, depois de estourar o limite de sua sentença de três a sete anos.

Sob liberdade condicional, Perfetto não irá ter contato com criança.

Apesar do seu medo de reincidência, Perfetto está buscando permissão para atender aos serviços na Igreja de Manchester com um ancião da Igreja como acompanhante.

A União das Liberdades Civis de Nova Hampshire e Perfetto alegam que o acompnhante poderia eliminar o risco às crianças.

Apesar da segurança, o pedido de Perfetto foi negado pelo Tribunal de Primeira Instância e está agora sendo dirigido à Suprema Corte de Nova Hampshire, o qual se pede para pronunciar-se sobre se na liberdade condicional, a proibição a atender uma Igreja viola o direito constitucional de liberdade religiosa.

Curta-nos no Facebook

Atualmente 36 Estados estabeleceram zonas onde os criminosos sexuais não podem viver ou visitar, e alguns provêem exceções para Igrejas. Muitos, contudo, não.

Em Nova Hampshire, o Estado disse que a segurança pública prevalece sobre os direitos religiosos.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca