The Christian Post > Cristianismo|Dom, 9 Dez. 2012 11:52 AM EST

Cristãos comemoram o Dia da Bíblia em 9 de dezembro

Celebrado no segundo domingo de dezembro, o Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha, pelo Bispo Cranmer. No Brasil, a data começou a ser celebrada em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP).

  • Bíblia, livro mais vendido
    Foto: Reuters - Brian Snyder

Nós, cristãos da Igreja Livre, não damos tanta importância para as Sagradas Escrituras. Muitas vezes não damos o valor devido porque temos inúmeras versões, formatos, tamanhos e cores.

A Bíblia é a espada do Espírito - poderosa arma de combate contra as hostes inimigas que conspiram contra nós, que com sutilezas vis tentam nos arrastar na correnteza do pecado e nas seduções do mundo.

Não damos o valor necessário, muitas vezes, porque temos a Bíblia como algo comum e rotineiro, quando deveríamos tratá-la como um tesouro precioso, pois carrega aquilo que Deus quer falar conosco a cada dia.

A Bíblia tem sido o farol de Deus na escuridão da história. A Bíblia é o coração de Deus aberto. É o braço de Deus estendido. É a vontade de Deus declarada.

Muitos dos nossos irmãos sofrem perseguição por amar a Deus e a sua Palavra. E muitos deles não têm o grande privilégio de possuir sua própria Bíblia para poder estudá-la diariamente. Muitos demoram anos para poder possuir um exemplar individual, porque na maioria das vezes, eles precisam dividir um único exemplar com várias pessoas.

Curta-nos no Facebook

A Portas Abertas possui projetos de distribuição de Bíblias para esses cristãos que tanto precisam, porque entendemos que a Bíblia é uma ferramenta imprescindível de aprendizado. Entendemos que a Palavra de Deus é essencial para o crescimento espiritual.

Que neste dia, possamos dizer como o salmista: "A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo" - Salmos 42.2 e darmos o valor devido à Bíblia e não torná-la um bem comum e sim como um tesouro precioso, que nos traz novidade de vida a cada dia.

A Bíblia é martelo que quebra as resistências e a dureza pertinaz do nosso coração, leia este exemplo:

Há alguns anos, um conde inglês visitou a Ilha de Fidji. Ele sabia que as condições morais ali tinham sido péssimas e admirou-se do que eram agora, por terem contato com as Escrituras. Esse incrédulo, visitando um velho chefe da tribo, que parecia civilizado disse: "O senhor é um grande chefe. É pena que tenha sido ingênuo bastante para crer na Bíblia. Lá no meu país ninguém mais crê nesse velho livro nem ouve a história de Jesus cristo. O povo hoje está informado e não crê nisso mais. Estou triste porque o senhor crê nessas bobagens."

Os olhos do velho chefe flamejaram e ele respondeu: "o senhor está vendo aquele forno? Ali é que nós queimávamos os corpos humanos para as nossas grandes festas. Se não fosse esse velho livro, a Bíblia e Jesus Cristo que nos transformou de selvagens em verdadeiros filhos de Deus, o senhor já teria sido morto e assado naquele forno. E nós já lhe teríamos comido a carne."

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca