The Christian Post > Cotidiano|Sab, 11 Set. 2010 03:20 AM EST

Cristãos são Desafiados a Pararem de Ignorar Inovadores

PorAudrey Barrick | Repórter do Christian Post tradutor Nelson Azevedo

O autor e orador Erwin McMan acredita que todos os inovadores e os primeiros adotantes foram filtrados da liderança da Igreja.

  • erwin-mcmanus
    (Foto: Universidade do Sudeste via The Christian Post)
    O Inovador Erwin McManus fala para centenas de Cristãos no Fórum Nacional de Liderança, na Universidade de Southeastern, em Lakeland, na Flórida, quinta-feira, 9 de setembro de 2010.

Enquanto isso, a Igreja tem sido liderada por adotantes antigos e nostálgicos, salientou ele na quinta-feira.

E embora os primeiros adotantes componham uma porcentagem pequena da população, McManus está convencido que as Igrejas não poderão formar o futuro de nenhuma cultura se não alcançarem o que ele vê como "o superior 12 por cento."

Mesmo que você tenha a maioria, você não tem a influência que define onde a cultura irá a não ser que você alcance o superior 2,2 e 12,4 [por cento] da cultura," ele disse conforme falava com estudantes do seminário e pastores no Fórum Nacional da Liderança, na Universidade Southeastern em Lakeland, Flórida.

"Mas a maior parte das decisões que tomamos vão em direção à maioria e os nostálgicos e elas inteiramente ignoram aqueles quem formam e criam cultura."

McManus, um inovador, recentemente fez a transição de pastor de tempo integral numa Igreja mosaica influente no Sul da Califórnia para começar uma companhia que envolveria o mundo da arte e cultura. Foi um sonho que ele tinha mas que ele nunca se deu conta, disse ele.

Curta-nos no Facebook

Nos últimos dois anos, ele e sua esposa pegaram milhões de dólares em empréstimos de investimento para forjar o que sua alma lhe dizia para fazer. Ele sentiu que lhe foi pedido que criasse uma comunidade, contasse uma história e trouxesse significado e beleza para o mundo numa plataforma diferente.

O significado, a história, a beleza e a comunidade são as quatro coisas que ele está convencido que cada organização, Igreja e negócio precisam se focar se eles querem desenvolver as pessoas mais vibrantes e saudáveis do lugar.

Há muitos Cristãos doentes por aí, lamentou ele, junto de um número significativo de companhias doentes que são influenciadas por cristãos.

O orador de 51 anos disse que ele conhece muitas pessoas quem têm uma relação com Cristo e mesmo assim ainda estão procurando respostas para suas vidas.

"Uma das coisas que descobrirá... enquanto ouvir a sua própria alma é que você passa grande parte de sua vida tentando trazer significado à sua própria vida. E, a propósito, a maioria das pessoas não vão à Igreja então o lugar onde elas estão realmente tentando achar significado em suas vidas é no trabalho," observou ele. "E se seu trabalho parecer sem sentido, se parecer como se fosse um desperdício de suas vidas, eles apenas entram e batem o cartão, mas preste atenção, você nunca verá o melhor das pessoas."

"Quantas pessoas se levantam na segunda-feira e fazem a mesma coisa que eles vêem fazendo toda segunda-feria - ir para o trabalho e ligar a rota automática e não ter mais sentido algum em suas vidas?" ele expôs.

Quando ele começou sua nova companhia, a qual inclui um componente de filmagem, McManus queria ter certeza que ele fazia coisas que têm significado de qualquer forma. Ele foi inspirado pela figura do Antigo Testamento, Salomão, que achou tudo "totalmente sem significado" depois de experimentar riqueza, poder e êxito.

"Nós queremos ajudar todos a acharem significado em suas vidas e ajudar a traduzirem a história de que em realidade todos importam nesse mundo," ele disse.

Ele rejeitou o modelo de negócios que o antigo CEO Eléctrico Geral, Jack Welch, tinha empregado famosamente.

McManus acredita que há grandeza em todos e líderes precisam ajudar a tirar isso das pessoas.

"A realidade é que cada ser humano é colocado no planeta e uma das coisas que move humanos é a sua necessidade por significado e você poder fazer com que cada trabalho tenha sentido então você garantirá que cada emprego seja feito com o maior nível de excelência," ele disse.

O inovador recentemente empregou um desenhador novo quem cria bolsas com materiais que são jogados fora, particurlamente pedaços militares da Segunda Guerra Mundial

"Steve (o desenhador das bolsas Temple) teve uma metáfora... pegar tudo o que é lixo, que ninguém liga... e redesenhá-los para que as pessoas se dêem conta que suas vidas, embora possa parecer sem valor e esfarrapada e não tem mais valor nenhum, se eles apenas deixassem Deus reformular e dar um novo propósito às suas vidas, Ele pode criar algo bonito porque nós somos realmente os templos," McManus destacou.

Cristãos são chamados não só para trazer significado às vidas das pessoas mas também para trazer beleza, ele enfatizou.

Mas ele também descobriu que igrejas têm se afastado da importância da beleza.

No começo do ano, a igreja mosaica produziu um comercial da Doritos que estava entre três que foram escolhidos pelo público americano para ir ao ar durante o Super Bowl 2010. McManus foi criticado por líderes cristãos por não ter colocado a mensagem do evangelho no comercial.

Para tal crítica, ele respondeu, "Nós realmente acreditamos que se fizermos algo melhor que outros no mundo, ganharemos o nosso direito de ser ouvidos."

"Parte do que aconteceu é que nós perdemos nossa convicção de que beleza é realmente importante para carregar o evangelho ao mundo," disse ele.

Na Igreja, McManus sente que há um "um equívoco arrogante" que os Cristãos guardam - que porque eles são as pessoas do livro ou as pessoas da verdade, eles estão saudáveis.

"A verdade da questão é, mesmo se estiver certo de suas crenças, certo em sua doutrina, você pode estar realmente errado em sua execução.

"Nós podemos continuar tentando pregar às pessoas, exigir que eles nos ouçam preferindo isso que contar uma história tão envolvente que eles não poderão fazer mais nada a não ser ouvir-nos.," disse ele aos participantes do fórum. "Mas se vamos alcançar esses inovadores, primeiros adotantes, pioneiros, exploradores, artesãos, criadores culturais... é melhor parar de agir como se já tivéssemos ganho o direito de ser escutado e tentar abarrotar a história mais bonita que já foi contada pela garganta das pessoas."

"Temos que começar a fazer coisas que são incríveis e bonitas, que são atrativas e alcançam o espírito humano e fazem as pessoas ansiarem por Deus que os criou," desafiou ele aos Cristãos.

"A coisa maravilhosa sobre a oportunidade que nós temos é que nós podemos acolher as ruínas de nossas vida, os pedaços esgotados, as coisas que nós pensávamos que Deus nunca poderia usar e através da expressão honesta, transparente sobre quem estamos compartilhando o que Deus tem feito, nós podemos contar uma história que os envolverá."

O Fórum da Liderança continua sexta-feira e está disponível ao vivo na internet no www.seuleadershipforum.com/..

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca