The Christian Post > Cristianismo|Seg, 20 Ago. 2012 13:56 PM EST

Domingo Espetacular mostra os 35 anos da Igreja Universal, por quê ela é diferente de outras igrejas?

PorLuana Santiago | Correspondente do The Christian Post

O programa Domingo Espetacular deste domingo 19/08 mostrou uma reportagem de mais de uma hora falando sobre os 35 anos da igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e sobre o líder Edir Macedo.

  • Igreja-Universal
    (Foto: Igreja Universal)
    A Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho a indenizar um ex-pastor por acusar sem provas de ter roubado o dízimo.

A matéria que custou 5 meses de dedicação da equipe de reporteres da rede Record mostrou o início da igreja que começou com pregações públicas nas calçadas e praças feitas pelo próprio e atual líder da denominação Bispo Edir Macedo no bairro do Méier, cidade do Rio de Janeiro.

Em 9 de julho de 1977, começava a expansão de uma das maiores denominação cristã com a inauguração do primeiro templo alugado. A reportagem ainda fala sobre a trajetória do Líder da Igreja que lançou recentemente um livro biográfico “Nada a perder” primeiro de uma séria de três livros que vai relatar momentos detalhados dos 35 anos da igreja IURD.

Localizada em quase 200 países, a IURD enche templos na Grécia, Itália, México, Letónia, Rússia, Costa do Marfim, nos Estados Unidos onde está há 27 anos com mais de 190 templos e outros diversos países mostrado no programa.

O programa ainda mostrou com detalhe o trabalho missionário e ações sociais que a IURD realiza nos países onde está presente. A matéria destacou entre outros, o trabalho em Moçambique, país que conta com voluntários da denominação, que distribuem alimentos, brinquedos e demais artigos de primeira necessidade.

Imagens de abertura de templos na Índia, e batismo de fiéis no país, que possui inúmeros deuses e grande parte da população adeptas ao hinduísmo.

Curta-nos no Facebook

Apesar do trabalho apresentado pela IURD em evangelismo e ações sociais, a doutrina da denominação é muito questionada por pesquisadores religiosos, sendo até considerado por alguns como seita.

Segundo o pesquisador religioso Johnny Bernardo do Instituto de Pesquisas Religiosas, a teologia da IURD é, em parte, inspirada nos movimentos de Confissão Positiva dos EUA e da segunda onda pentecostal brasileira que prega o liberalismo, o combate às religiões de possessão e as campanhas de prosperidade.

Johnny atualmente realiza um estudo onde defende a tese que classifica a UIRD a IPDA (Igreja Pentecostal Deus é Amor) como fortes candidatas a movimentos destrutivos e/ou grupos destrutivos, apontando para um "extremo centralismo administrativo e o desenvolvimento de um messianismo moderno" - líderes que conduzem a igreja como sua "propriedade particular", interferindo na maneira de pensar e agir de seus adeptos.

Em sua tese, Johnny, diz que pessoas que recorrem aos templos da IURD são submetidas a intensas técnicas de manipulação psicológica e descreve um relato publicado pela revista Época de 28/4/2003 na matéria “Ciência dos transes” de uma ex-fiel da Igreja Universal onde os bispos e seus auxiliares são instruídos de que maneira devem conduzir os exorcismos.

"Quando a pessoa está tonta, fica mais aberta para manifestar os demônios”, diz a obreira Aparecida Santos, ex-fiel da Igreja Universal, atualmente na Igreja Internacional da Graça de Deus. Ela costuma pôr a mão na cabeça dos fieis e os fazem rodar. Outro recurso que funciona é tocar músicas altas no teclado, com acordes bem tenebrosos. “Porque o demônio não gosta de silêncio”, explica a obreira. Aparecida aprendeu as técnicas do exorcismo na Universal, onde passou cinco anos como auxiliar de pastores.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca