The Christian Post > Política|Sex, 13 Ago. 2010 11:50 AM EST

Entrevista: 7 em 10 Norte-Americanos Opõem-se à Mesquita do Marco Zero

PorLawrence D. Jones | Repórter do Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

A “mega mesquita” proposta a ser construída próximo ao Marco Zero da cidade de Nova York tem pouco apoio nacional, sugere a Pesquisa da CNN/Opinion Research Corporation Poll.

  • Mosque
    (Foto: AP / Seth Wenig)
    Linda Rodrigues segura um sinal de oposição à mesquita proposto no 45-47 Park Place, durante uma reunião da Comissão de Preservação Marcos para votar em tornar a construção em um marco histórico em Nova York, terça-feira, 3 agosto, 2010. O painel negou o status marco para a construção.

De acordo com a nova pesquisa, o qual foi realizada, na quarta-feira, aproximadamente 70 por cento de todos os norte-americanos opõem-se ao controverso plano de contruir uma Casa Córdoba de 15 pisos, justo duas quadras do World Trade Center na baixa Manhattan. Somente 29 por cento, enquanto isso, são a favor da construção da instalação Muçulmana.

Discriminados por filiação partidária, 54 por cento dos Democratas disseram que eles se opõem ao plano do projeto conduzido pelos Muçulmanos, enquanto 82 por cento de Republicanos disseram que eles desaprovam. Enquanto isso, 70 por cento de independentes disseram que eles são contra a proposta.

A pesquisa também mostrou qua a oposição não variou por idade.

“O apoio ao projeto controverso é ligeiramente maior entre jovens norte-americanos do que os mais velhos, mas mesmo entre aqueles abaixo de 50 anos, seis em dez se opõem ao plano,” relatou o Diretor de Pesquisa da CNN, Keating Holland.

Os planos para a construção da Casa Córdoba de $100 milhões, somente a dois quarteirões do lugar dos ataques de 11/09, proporcionaram um debate emocional por toda a cidade, bem como nacionalmente.

Curta-nos no Facebook

Aqueles por trás da Casa Córdoba dizem que o projeto “Promover é integração, tolerância à diferença e coesão comunitária através da arte e cultura.”

“A Casa Córdoba irá prover uma lugar onde indivíduos, sem considerar seus passados, encontrarão um centro de aprendizado, arte e cultura; e mais importante, um centro guiado por valores islâmicos em sua maneira – compaixão, generosidade, e respeito por tudo,” adicionaram eles.

Oponentes ao projeto Muçulmano, contudo, dizem que a construção do centro islâmico tão próximo ao Marco Zero iria ser humilhante e ofensivo para com as 2.960 vítimas dos ataques terroristas de 11/09.

Alguns até mesmo dizem que a construção da Casa Córdoba iria marcar uma vitória para aqueles que buscaram e ainda buscam aterrorizar a população norte-americana.

Semana passada, o projeto limpou seus obstáculos quando a Comissão de Preservação de Marcos da cidade de Nova York, unanimamente, votou para negar o status de marco para o edifício no lugar proposto – as instalações do Burlington Coat no Park Palce, o qual contém um pedaço de uma parte da aeronave sequestrada que se chocou contra o edifício. O status de marco teria tornado difícil para a Iniciativa Córdoba demolir o edifício e construir seu centro lá.

O Centro Americano para Lei e Justiça, em resposta aos votos da Comissão, entrou com um processo desafiando a decisão.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca