The Christian Post > Cotidiano|Ter, 13 Ago. 2013 12:22 PM EST

Esposa de pastor Silas Malafaia comenta caso de menino suspeito de matar a família: ‘A criança nasce com mal dentro de si’

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O caso de uma criança de 13 anos suspeita de ter cometido uma chacina dentro de sua própria casa, chocou recentemente o país. A pastora Elize Malafaia, esposa do popular pastor e psicólogo brasileiro, Silas Malafaia comentou o caso, dizendo que as crianças nascem com "mal dentro de si", se comprovado que ele foi realmente o autor do crime.

  • elizete malafaia
    (Foto: Youtube/Verdade Gospel)
    Pastor Elizete Mafalaia fala sobre caso do menino de 13 anos, Marcelo Eduardo Pesseghini, suspeito de ter assassinado a família.

Marcelo Eduardo Pesseghini, de apenas 13 anos é suspeito de matar seus pais, sua avó e sua tia. Depois disso, ele teria cometido suicídio, segundo acredita a polícia.

O incidente aconteceu na madrugada do dia 5 de agosto, na Brasilândia, zona norte de São Paulo. Em uma casa, foram encontrados os corpos de Marcelo e dos pais de Marcelo, o sargento da Rota, Luís Marcelo Pesseghini e de Andreia Bovo Pessseghini, cabo da Polícia Militar. Na casa ao lado, os policiais encontraram os corpos da avó, Benedita Oliveira Bobo e sua irmã, Bernadete Oliveira da Silva. Todos mortos com tiros.

A polícia acredita que a chacina foi cometida pelo próprio Marcelo, que teria realizado os crimes na noite de domingo e madrugada de segunda. Marcelo teria dirigido o carro da família até a escola onde estuda, assistiu a aula e pegou carona na volta com um amigo. Ele teria tirado sua própria vida quando retornou.

Uma análise feita pelo IC no computador que estava na casa das vítimas mostra que dias antes do crime, uma pesquisa sobre como dopar as pessoas e como conseguir sono profundo, foi realizada. Além disso, a polícia afirmou que o menino foi encontrado com uma arma na mão esquerda. Segundo testemunhas, o garoto era canhoto, sabia atirar e dirigir.

A pastora Elizete Malafaia comentou caso que ainda não foi esclarecido, dizendo que a explicação para o crime é que todos têm um instinto para a maldade, inclusive as crianças.

Curta-nos no Facebook

Segundo a pastora, o ambiente não corrompe as pessoas, mas o fato é que depois da “queda” (de Adão e Eva), todos os seres humanos têm instinto para a maldade. “Temos dentro de nós um instinto para a maldade e que tem que ser dominado”.

“Antes da queda, havia o período da inocência. Aquele casal era bom”, disse ela, referindo-se a Adão e Eva. “Mas depois que desobedeceu a Deus, que comeu do fruto proibido, aí sim, nós passamos a pecar. E pecar é ir contra todos os princípios que Deus tem para o ser humano”, disse ela, segundo o Verdade Gospel.

Desta maneira, o homem já nasce com tendência para praticar a maldade, explica ela. “A criança já nasce com o mal dentro de si, e a bondade é ensinada.”

“Ela tem que aprender o bem dentro de sua família. (...) o mal, ele já tem tendência para fazer por causa da queda.”

Elizete ainda acredita que o ser humano também tem um instinto agressivo colocado por Deus, como mecanismo de defesa, para sobrevivência, e que isso deve ser controlado.

Caso seja comprovado que o crime foi cometido pelo garoto, ainda assim, não se pode falar que ele era um psicopata, a esposa de Malafaia afirma. “O menino não era um psicopata, pois segundo os estudiosos do comportamento, os psicopatas não se suicidam.” A psicopatia é um transtorno da personalidade.

De acordo com ela, muitos são os fatores que podem estar envolvidos no desencadeamento desse comportamento cruel e insensível, se ele for o criminoso. Ele pode ter tido um surto psicótico, diz ela, e não se sabe se houve uso de droga ou medicamento que possa ter influenciado.

Outros fatores externos, como o ambiente em que ele cresceu também é importante, e deve ser considerado, visto que ele era filho de policiais, aponta ela. Para Marcelo, provavelmente o assunto violência, não era algo incomum, a pastora sugere, e outras coisas, como jogos, filmes, podem ter influenciado.

Segundo relatos da mídia, um dos amigos de Marcelo teria afirmado que o suspeito dizia sempre que queria ser um matador de aluguel.

De acordo com Elizete, os pais devem estar sempre alertas para comportamentos ou sintomas que indiquem um distúrbio violento na criança, ou tendência para perversidade. Ela diz também que eles não devem ter vergonha de levar a criança a um psicólogo ou psiquiatra quando necessário.

“Eu creio em oração, em milagre, mas acredito na medicina, que Deus deu ao ser humano. Deus vai aliar a sua oração com a ajuda do médico. Há uma resistência na área da médica, muitos tabus.”

Elizete diz também que é importante que a educação dos filhos seja feita pelos pais, e que eles não esperem que as escolas façam isso por eles. Segundo ela, os pais devem educar os filhos moralmente e epiritualmente. “O que ele [o filho] aprender dentro do seu lar ele vai levar para a sua vida adulta.”

Ela aponta que a Bíblia dá os princípios para nortear a vida no mundo espiritual, emocional e físico. “Ensina a criança no caminhos em que ela deve andar e até quando envelhecer ela não se desviará”, citou ela.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca