The Christian Post > Cristianismo|Qua, 3 Jul. 2013 19:47 PM EST

Evangelista Benny Hinn é chamado de 'o maior golpista do mundo'

PorSarah Curty | Correspondente do The Christian Post

Enquanto circulava pelo aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos, na última sexta-feira, 28 de junho, o evangelista carismático Benny Hinn foi ofendido verbalmente por um homem não identificado. O desordeiro chamou Hinn de "o maior golpista do mundo" e o incidente foi filmado e compartilhado na internet.

  • benny hinn
    (Foto: www.bennyhinn.org)
    Televangelista Benny Hinn.

O cinegrafista pediu que Hinn dissesse algumas palavras sobre a polêmica envolvendo a ex-apresentadora do Food Network Paula Deen e uma declaração racista, que teria motivado sua demissão do canal após onze anos. “É claro que ela deve ser perdoada. Nós, como cristãos devemos perdoar, é claro”.

Após as breves palavras, Benny Hinn se deparou com uma ofensa. “Ele é o maior golpista do mundo. Ele está enganando as pessoas com motivos religiosos há décadas”, disse o homem. “Ele se apossa das apólices do seguro social das pessoas, elas gastam suas economias na esperança de que ele as cure do câncer, então, quando elas estão mortas, ele fica com o dinheiro”, completou.

Hinn não deu ouvidos ao homem e, em meio a vaias, seguiu seu caminho. No entanto, sua atitude chamou a atenção de algumas pessoas que passavam pelo aeroporto e de seus seguranças.

Hinn afirma que pode curar as pessoas de várias doenças através de uma unção do Espírito Santo e viaja por todo o mundo para difundir seus ensinamentos e curas milagrosas. O dinheiro arrecadado das viagens e doações dos fiéis são, segundo ele, “para o reino de Deus”.

Há 36 ministrando, ele acumula uma fortuna avaliada em cerca de 42 milhões de dólares. O evangelista, no entanto, justifica a fortuna que usa as doações para orfanatos, hospitais e “para espalhar o Evangelho pelo mundo”. Ele ainda afirmou, em abril deste ano, que estava em dívida e que precisava de ajuda financeira dos fiéis.

Curta-nos no Facebook

Ele se defende das alegações de persuadir os fiéis a doarem seu dinheiro com fundamentos bíblicos. “Eu acredito na prosperidade bíblica. Ela é ensinada em toda a Bíblia. Dar ao Senhor é tão importante que Deus prometeu que aqueles que dão para a disseminação do Evangelho serão abençoados e protegidos”, explica Hinn em seu site. “Damos porque é a vontade de Deus. Nós damos porque é Seu mandamento! Nós damos porque é Sua lei. Nós damos porque o Senhor ordenou que todo crente dê. E o Senhor Jesus promete que, quanto damos, nós, com certeza, receberemos”, completou.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca