The Christian Post > Mundo|Sex, 18 Jul. 2014 11:43 AM EST

Google bane pornografia em anúncios publicados por meio da ferramenta AdWords

AdWords não deixará passar nada que tenha relação com anúncios pornográficos

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post

A ferramenta para serviços de publicidade do Google, conhecida como Google AdWords passará por importantes em sua política de conteúdo. De agora em diante ficará proibida a promoção de "conteúdo sexual explícito" de sua rede de publicidade, satisfazendo órgãos anti-pornografia.

  • google
    (Foto: Reuters)
    Foto da tela mostrando o Buscador do Google.

O grupo Google Inc. informou aos seus parceiros de publicidade que revisem e filtrem cuidadosamente seus anúncios para não sofrer restrições. Segundo o site Daily Tech, o mecanismo de busca do AdWords não deixará passar nada que tenha relação com anúncios de entretenimento adulto.

Para deixar bem claro, o Google também divulgou um conjunto de diretrizes sobre o que não pode ser promovido, incluindo "representações gráficas de atos sexuais", ou qualquer tipo de conteúdo que possa ser interpretado como pedofilia ou prostiuição.

O planejador de palavras-chave do Google AdWords revela que em maio foram feitas mais de 350 milhões de busca para os termos "sexo", "pornografia", "pornografia livre" e "porno", e os resultados mostraram que a busca por pornografia é bastante comum.

De acordo com um estudo do jornal JAMA Psychiatry, a pornografia é nociva ao cérebro e causa danos ao processamento do sistema nervoso. Contudo, anunciantes de sites adultos discordam e dizem que estão chocados com a decisão, pelo Google jamais ter alterado isto em doze anos.

De início, a medida do Google se limitaria a restringir representações gráficas de pornografia pesada com atos sexuais mais explícitos. Todavia, agora o grupo reprovará todos os anúncios e sites que são identificados como violadores de sua política revista no AdWords.

Curta-nos no Facebook

"Nosso sistema identificou sua conta como potencialmente afetada por esta mudança de política. Pedimos que você faça as alterações necessárias para que seus anúncios e sites cumpram de modo que suas campanhas possam seguir sendo executadas", relata o aviso do Google para quem descumprir as normas.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca