The Christian Post > Mundo|Sex, 22 Fev. 2013 15:41 PM EST

Igreja Católica aceita 'pílula do dia seguinte' em casos de estupro, na Alemanha

PorTayguara Ribeiro | Correspondente do The Christian Post

Mulheres que foram vítimas de estupro agora poderão receber a “pílula do dia seguinte” na Alemanha, em hospitais administrados pelos católicos.

A decisão foi tomada depois que instituições administradas pela Igreja, no fim de janeiro deste ano, se recusaram a prestar este tipo de atendimento a uma mulher que havia sido violentada.

O caso ocorreu na cidade de Colônia, na região oeste do país, gerou grande polêmica entre a população local e também repercutiu muito em diversas partes do mundo. Na época, a mulher procurou os hospitais após ter sido drogada e suspeitar ter sofrido um estupro.

De acordo com a Igreja Católica Alemã, os remédios com autorização de venda no país são apenas contraceptivos e, em casos de estupro, poderão ser utilizados para evitar uma gestação fruto de um ato de violência.

A instituição garantiu que, a partir de agora, os hospitais católicos irão proporcionar o tratamento médico, psicológico e emocional adequados nestes casos, incluindo a distribuição da pílula do dia seguinte.

Os religiosos ressaltam que esta medida deve ser tomada somente nos casos de violação e com o único intuito de prevenir. A igreja reforça que apesar desta aceitação, seguem proibidos quaisquer medicamentos ou procedimentos médicos que prejudiquem direta ou indiretamente o desenvolvimento da vida de um feto, mesmo em casos de estupro.

Curta-nos no Facebook

Além do aborto, a Igreja Católica ressalta ainda que segue totalmente contrária ao controle de natalidade, exceto nos casos de violência contra a mulher.

A decisão dos religiosos alemães foi tomada depois da realização da Assembleia-geral dos Bispos, que durou quatro dias e ocorreu na cidade de Trier.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca