The Christian Post > Tecnologia|Ter, 10 Abr. 2012 09:57 AM EST

Instagram agora pertence ao Facebook

PorKeyla Cezini | Correspondente do The Christian Post

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta segunda-feira (9), em seu perfil na rede social, a compra do Instagram, aplicativo gratuito que permite colocar filtros em fotos e compartilhá-las em sites.

"Estou animado em compartilhar a notícia de que concordamos em adquirir o Instagram e que a sua talentosa equipe vai se juntar ao Facebook”, escreveu Zuckerberg. Em cerca de 1 hora, o post foi “curtido” por quase 75 mil perfis.

A empresa Instagram foi criada em 2010 e seu programa já teve mais de 30 milhões de downloads. Um dos cofundadores da Instagram é o brasileiro Mike Krieger.

O valor exato da negociação ainda não foi divulgado, mas, segundo o Facebook, o Instagram foi avaliado em US$ 1 bilhão, o valor deve ser pago em dinheiro e ações da rede social.

"Por anos, temos focado na construção de uma melhor experiência para compartilhar fotos com seus amigos e familiares. Agora, seremos capazes de trabalhar ainda mais estreitamente com a equipe do Instagram para também oferecer as melhores experiências para compartilhar fotos de celulares com pessoas do seu interesse”, afirmou o CEO do Facebook.

"Fornecer a melhor experiência de compartilhamento de fotos é uma das razões pelas quais as pessoas amam o Facebook e sabíamos que valia a pena juntar as duas empresas”, completou.

Curta-nos no Facebook

Instagram

O Instagram permite compartilhar fotos em diversas redes sociais, entre elas o Facebook e Twitter. Para Zuckerberg, essa possibilidade é "parte importante da experiência".

"Planejamos manter essas características de poder postar as fotos em outras redes sociais, assim como a capacidade de não compartilhar suas imagens do Instagram no Facebook, e a capacidade de ter seguidores e seguir as pessoas separadamente de seus amigos no Facebook”, disse o executivo.

No blog da Instagram, o presidente-executivo da companhia, Kevin Systrom, escreveu que “é importante ficar claro que o Instagram não vai acabar”. Segundo ele, sua equipe vai passar a trabalhar com o Facebook para desenvolver o Instagram e construir a rede.

Na última semana, o Instagram lançou o aplicativo para celulares equipados com Android, sistema operacional do Google, que é um dos mais populares do mundo. Antes, apenas usuários do iOS (sistema dos aparelhos da Apple), podiam usar o aplicativo.

Depois de chegar ao Android, o Instagram já ultrapassou a marca de 30 milhões de downloads. Já o Facebook é a maior rede social do mundo, com mais de 800 milhões de usuários.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca