Print CP Article

Juiz Haitiano: Acusações Contra Todos os 10 Voluntários Permanecem

Tue, Apr. 20, 2010 Posted: 06:25 PM GMT


Apesar das notícias contrárias, o juiz haitiano que supervisiona o caso dos 10 voluntários americanos que tentaram levar crianças haitianas para fora do país, disse na segunda-feira, que as acusações ainda permanecem.

O juiz Bernard Saint-Vil disse que ainda não tomou qualquer decisão para retirar as acusações dos voluntários americanos cristãos. Ele disse que ainda está considerando o caso da líder do grupo, Laura Silsby, que ainda está sendo mantida em Porto-Príncipe e os outros nove voluntários americanos que foram liberados sob a condição de retornar ao Haiti caso fosse necessário responder a novos interrogatórios.

A declaração de Saint-Vil contradiz com a que o senador de Idaho, Jim Risch disse a respeito do caso. Risch havia dito que um porta-voz o havia informado que as acusações dos nove voluntários - cuja maioria reside em Idaho - haviam sido retiradas.

Os dez voluntários foram presos em janeiro enquanto tentavam cruzar a fronteira com 33 crianças haitianas rumo a um orfanato na República Dominicana. Eles foram detidos em Porto-Príncipe e acusados de rapto de crianças e associação criminosa.

O Haiti disse que o grupo não tinha permissão do governo para levar as crianças para fora do país, levantando a acusação de tráfico de seres humanos.

Em fevereiro, oito dos voluntários foram liberados sob condicionais e o nono foi solto em março. Silsby ainda está sendo mantida sob mais investigações também relacionadas a viagens anteriores que ela fez para o Haiti e uma tentativa anterior de levar dezenas de crianças para a República Dominicana.

O juiz Haitiano ainda tem até o início de maio para decidir se solta ou não Silsby ou a processa.

Ethan Cole


Copyright © Christianpost.com. All rights reserved.