The Christian Post > Mundo|Sex, 6 Abr. 2012 15:28 PM EST

Líder ateísta denuncia o crescimento do bullying religioso nas escolas

PorLuciano Portela | Colaborador do The Christian Post

Em função de um caso recente de bullying religioso, em Minas Gerais, o presidente da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea), Daniel Sottomaior, denunciou o bullying religioso nas escolas.

Segundo o Terra, Daniel atribuiu a responsabilidade dos atos de discriminação ao sistema de educação do país e afirmou que este tipo de fato torna-se cada vez mais rotineiro dentro dos estabelecimentos de ensino, que não agem para defender os alunos que sofrem com a distinção de crença.

"Na maioria das vezes somos procurados por jovens que sofrem preconceito em sala de aula e não sabem como agir. Passamos orientações e alguns embasamentos. Infelizmente, os próprios educadores não estão cientes das leis e acabam discriminando esses estudantes", esclareceu o presidente da Atea.

Recentemente, o jovem aluno, Ciel Vieira, de uma escola na cidade mineira de Miraí, afirmou sentir-se importunado ao recusar a proposta de sua professora, que sugeriu iniciar as aulas com a oração do pai-nosso.

Após o acontecimento, o estudante Ciel decidiu procurar a Atea, para relatar o acontecimento e buscar algum auxílio em sua defesa.

A instituição ofereceu orientação com base na Constituição, que decreta que o poder e a justiça do país não pertencem ao clero, nem a nenhuma ordem religiosa.

Curta-nos no Facebook

"Quando somos procurados, tentamos orientar e nos colocar a disposição para dar outros tipos de andamentos, como por exemplo entrar com ação no Ministério Público, se for da vontade da pessoa", declarou o presidente da Atea.

Para registrar o posicionamento da escola no caso do jovem Ciel, o site Terra também buscou falar com a administração do recinto, mas sem sucesso. A diretoria do colégio desejou não se manifestar sobre o assunto. Já a professora, não foi encontrada.

A Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) ainda não realizou nenhuma providência, mas se colocou à disposição para estudar o caso e tomar a resolução adequada.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca