The Christian Post > Política|Qua, 27 Nov. 2013 10:41 AM EST

Lindbergh Farias sai em defesa do pastor Silas Malafaia: ‘ninguém vai me afastar do pastor Silas’

Fala do senador veio em resposta à acusação de novo líder do PT no RJ, Washington Quaquá, que disse que o evangélico seria ligado à teologia da prosperidade

PorMaria Carolina Caiafa | Correspondente do The Christian Post

O senador Luiz Lindbergh Farias Filho (PT-RJ), de 43 anos, mais uma vez, defendeu o pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC). “O candidato a governador [do estado do Rio de Janeiro (RJ)] sou eu e ninguém vai me afastar do pastor Silas. Além de ser meu amigo, eu sei o tamanho da importância do Silas. Ainda mais numa eleição que temos [Anthony] Garotinho [PR] e [Marcelo] Crivella [PRB] como candidatos. É um apoio decisivo”, afirmou o político nesta quarta-feira (27), segundo publicou Lauro Jardim em seu espaço online vinculado a revista Veja.

  • Silas Malafaia, ADVEC, Lindbergh Farias
    (Foto: Reprodução)
    Silas Malafaia reza por senador Lindbergh Farias em templo da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).
  • Lindbergh Farias
    (Foto: Divulgação)
    Senador Lindbergh Farias(PT-RJ).
1/2

A fala do parlamentar tem relação com a polêmica declaração do novo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no estado do Rio de Janeiro (RJ), Washington Quaquá, prefeito de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

“Pegou mal no PT a foto do Lindbergh com o Malafaia. Não há problema em ter apoio dele, isso não se nega. Mas não era preciso uma foto dos dois juntos. É a ‘teologia da prosperidade’, não podemos ter nele [Silas] o símbolo de nossa aproximação com os evangélicos. A deputada [federal] Benedita da Silva [PT-RJ], que tem ótima interlocução com o segmento, vai passar a marcar encontros do Lindbergh com pastores para selarmos essa aproximação”.

O religioso respondeu: “O que ele [Quaquá] entende de teologia? Nada. Também não entende de política”.

A foto que gerou as atuais controversas foi tirada em outubro deste ano (2013), quando Lindbergh foi ao templo de Malafaia na Penha. Nessa ocasião, o pastor chamou o parlamentar ao púlpito e orou por ele. A relação entre os dois é antiga. Em 2012, o senador Farias Filho sofreu críticas pelo setor LGBT do Partido dos Trabalhadores por ter defendido em plenário o evangélico, que, na época, era investigado pelo Ministério Público Federal de São Paulo (SP).

Teologia da prosperidade é uma doutrina baseada em princípios cristãos que defende que a bênção financeira é o desejo de Deus para os cristãos e que a fé, o discurso positivo e as doações para os ministérios irão sempre aumentar a riqueza material do fiel. Essa corrente é baseada em interpretações não-tradicionais da Bíblia, geralmente com ênfase no Livro de Malaquias, e normalmente criticada por cristãos de igrejas tradicionais.

Curta-nos no Facebook

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca