The Christian Post > Cotidiano|Sex, 26 Abr. 2013 07:57 AM EST

Livro sobre incêndio na boate Kiss afirma que há sexo no céu e revolta parentes de vítimas

PorSarah Curty | Correspondente do The Christian Post

O livro que conta o incêndio ocorrido numa boate em Santa Maria, em Santa Catarina, chamado “Kiss: Uma porta para o céu”, escrito pelo padre Lauro Trevisan, criou polêmica entre os familiares dos sobreviventes. Na página 44 do livro, o texto afirma que há sexo no céu.

  • Livro Kiss - Uma Porta para o Céu
    (Foto: Divulgação/Editora da Mente)
    Capa do livro "Kiss - Uma Porta para o Céu", de autoria de Lauro Trevisan.

“Anote na sua agenda que no céu há abundância conforme os desejos individuais, há muita alegria, música inesquecível, e muito amor nos corações. Haverá sexo por lá? Se você achar bom e tiver vontade, haverá. O céu é imune a qualquer possibilidade de saudade, mal-estar, carência e privação. O que você imaginar de bom e maravilhoso, ser-lhe-á dado. Esqueça essa ideia ingênua de passar o tempo todo vendo anjinhos tocando harpa. Mas se pensar diferente, sinta-se à vontade”, diz o trecho polêmico.

Adherbal Ferreira, presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), afirmou ao G1, que muitos familiares se sentiram ofendidos por algumas partes do livro. A associação no entanto, tem interesse coletivo, “de ajudar o pai em geral”, garante Adherbal.

Outro trecho que indignou a AVTSM foi a passagem que o autor afirma que “pode haver muitas boates no céu, mas boates Kiss, nenhuma”. O pai de uma das vítimas afirmou que o que o padre afirma no livro é “que o céu é uma zona, uma bagunça”. “Esse tipo de coisa não se fala”, disse o pai.

O padre Trevisan não quis se manifestar por enquanto, pois, segundo o site, ele já disse tudo o que tinha a dizer em diversas entrevistas.

O livro sobre a tragédia que matou 241 jovens em janeiro deste ano já havia sofrido supressões de trechos polêmicos que levaram o padre a prestar esclarecimentos à polícia.

Curta-nos no Facebook

O padre se defendeu dizendo que a obra é ficcional e de auto-ajuda que tem o interesse de “erguer o ânimo de Santa Maria”, oferecendo “conforto aos familiares” e lições de humanidade.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca