The Christian Post > Mundo|Qui, 23 Out. 2014 15:59 PM EST

Mãe cristã posa com arma e bíblia em foto do Twitter, e gera polêmica com ativistas liberais

Holly Fisher chegou a receber ameaças de morte por conta do post no microblog

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post

Uma mãe cristã causou polêmica ao publicar uma foto segurando uma Bíblia, uma bandeira dos EUA e uma arma, em discussão direta com ativistas liberais na rede social Twitter. O desentendimento surgiu depois de Holly Fisher fazer comentários, relatados por ela como mal interpretados, onde defendia a justiça federal dos EUA por liberarem empresa de cobrir métodos de controle de natalidade em seu plano de saúde.

  • Holly Fisher
    (Foto: Reprodução/Twitter)
    Mãe cristã posa com arma e bíblia em foto do Twitter, e gera polêmica com ativistas liberais.

A princípio, a residente da cidade de Charleston, na Virgínia Ocidental (EUA), postou uma foto vestida com uma camiseta pró-vida em frente à Hobby Lobby, companhia gerida por cristãos do caso do plano de saúde citado acima. Em seguida, divulgou uma nova foto com a Bíblia, a bandeira e a arma, desencadeando uma série de duras ofensas e até mesmo ameaças de morte.

Holly diz que no primeiro post não tinha a intenção de provocar ninguém e que estava por acaso passando em frente à Hobby Lobby, quando o marido lhe deu a ideia. Ela explica que sequer queria fazer a foto e o post no microblog seria apenas para seus seguidores no Twitter, involuntariamente tomando uma proporção maior do que o esperado.

Embora tenha gerado controvérsias e inimigos, Holly também recebeu muito apoio de quem partilha da causa pró-vida e que concorda com o caso de Hobby Lobby. Ela ressalta que o número de seguidores no Twitter era de apenas 20 mil e depois de todo o desentendimento simplesmente dobrou, alcançando a marca de 41 mil seguidores.

Para se defender dos ameaçadores, a mãe cristã revela que procurou ter uma postura altiva, respondendo a quem ela achava merecia com uma dose de humor seco. Ela ainda reforça que a foto foi postada no Dia da Independência dos EUA, dia 4 de julho, o que segundo ela lhe estimulou a valorizar ainda mais sua liberdade de expressão.

"Eles aparentemente não conhecem a América e o que nós eramos quando fomos fundados. Era o Dia da Independência. E eu estava de pé na frente de uma bandeira que representa nossa liberdade", observou ela lembrando que a constituição do país estabelece em sua Primeira e Segunda Emendas que não vetarão ou proibirão o livre exercício de se manifestar.

Curta-nos no Facebook

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca