The Christian Post > Cotidiano|Qui, 5 Jul. 2012 08:16 AM EST

Mãe de Brenda espera milagre de uma moradia, ‘Deus devolveu a Brenda, vai me dar um teto para morar'

PorAndrea Madambashi | Repórter do The Christian Post

Geissa Maria da Silva, 30 anos, mãe da menina Brenda que desapareceu no evento da igreja Deus é Amor, está a espera de outro milagre de ter uma moradia, já que está para ser despejada de onde mora.

  • Brenda
    (FOTO:DIVULGAÇÃO)
    Menina desaparecida em passeata de comemoração de 50 anos da igreja Deus é amor

Geissa teve sua filha Brenda sequestrada no meio da multidão, na passeata das comemorações dos 50 anos da igreja Deus é Amor, no dia 10 de junho. Recentemente, a menina foi encontrada e entregue a ela novamente. Agora, o pequeno quarto de cortiço onde mora na Mooca, em São Paulo, lhe pode ser retirado nas próximas semanas.

"Estão querendo tirar a gente nas próximas semanas. Mas coloco na mão de Deus, sabe? Se ele me devolveu a Brenda, vai me dar um teto para morar", disse ela, segundo o Diário do Grande ABC.

O quarto onde ela e suas filhas moram é bem humilde, já pegou fogo e possui infiltrações. Baratas por ali andam livremente pelas roupas das crianças. Geissa pendura as roupas dentro do aposento no teto de madeira, para que pessoas não roubem as peças do varal.

A mãe evangélica, que nasceu no Maranhão, veio para São Paulo aos 18 anos com o marido, a filha Jéssica (hoje com 14 anos) e Vanessa, de 11 anos, ainda na barriga. O pai das crianças, entretanto, morreu em um assalto logo depois e Geissa teve que sofrer muitas dificuldades para sustentar suas filhas sozinha.

"A gente morava em uma casinha alugada no Brás. Tinha tudo, sabe? Rádio, televisão, cama, guarda-roupa. Era muito feliz. Quando meu marido morreu, fui vendendo as coisas para sustentar meus filhos."

Curta-nos no Facebook

Geissa já está há 5 anos no local pelo qual pagou R$ 5 mil e está na expectativa de onde irá viver nas próximas semanas.

Reaparecimento de Brenda

Brenda reapareceu em 25 de junho quando, numa lanchonete na rua Vergueiro no Bairro da Liberdade, com seu sequestrador, foi reconhecida pelo atendente.

“Não tive tanta certeza no começo. Quando o cara correu e eu perguntei se ela chamava Brenda, e ela balançou a cabeça, aí eu tive mais certeza. [A sensação de ter encontrado a Brenda é de ser] um pouco herói”, relatou o rapaz.

A menina estava com o cabelo mais curto e, segundo sua mãe, relatou que sofreu maus tratos.

“Ele deixava a criança debaixo das cobertas o dia inteiro. Ela passava fome e frio”, disse a mães segundo publicação G1.

Trabalhadores da região disseram ter visto Brenda e o sequestrador que acreditava-se ser um morador de rua, vagando na região.

Brenda passou por exames clínicos e psicológicos no dia 26 de junho para indicar se sofreu agressões pelo sequestrador e os resultados devem sair em breve.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca