The Christian Post > Cotidiano|Ter, 13 Ago. 2013 10:23 AM EST

Maiores chefes do tráfico afirmam que José Junior armou contra pastor Marcos Pereira

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

Uma escuta entre os traficantes Fernandinho Beira-Mar e Marcinho VP no presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná, revelou que José Junior pagou testemunhas para depor contra o pastor Marcos Pereira. Ambos os criminosos acreditam que o pastor é inocente.

  • escuta traficantes
    (Foto: Youtube/Vídeos HD Globo)
    Escuta mostra conversa entre os traficantes Marcinho VP e Fernandinho Beira-Mar comentando sobre a prisão do pastor Marcos Pereira e relação com José Júnior, coordenador da AfroReggae.

A conversa aconteceu no dia 10 de maio, autorizada pela justiça depois que Beira-Mar reclamou estar se sentindo muito sozinho em sua cela separada. A conversa foi divulgada em reportagem do Fantástico deste domingo (11).

Nela, os dois comentam a prisão do pastor Marcos, afirmando que ele foi vítima de acusações levianas do coordenador do AfroReggae, José Júnior, que o acusou de ter estuprado fieis de sua igreja.

De acordo com Marcinho VP, José Júnior teria comprado testemunhas. “Compraram um montão de testemunhas pra dar depoimento contra ele...”, afirmou ele.

A conversa começou quando Fernandinho Beira-Mar se o pastor Marcos não tinha igreja no Maranhão, onde Marcinho VP está tentando ir.

“O pastor Marcos não tem igreja lá?”, perguntou Fernandinho.

Curta-nos no Facebook

“Tem...teve um problema com ele lá agora...lá no Rio... Prenderam ele lá no Rio... (...) Vítima daquelas acusações levianas lá, que tava ... lá, do Júnior (...) compraram um montão de testemunhas pra dar depoimento contra ele...”, respondeu Marcinho.

“Tipo assim, compraram, compraram é eufemismo, foi o Juinho que estava por trás disso né... tinha que mandar um SALVE lá pra ele...”, respondeu Fernandinho.

O advogado de Marcos Pereira diz que a conversa foi uma prova de que o pastor é inocente. “Para mim é uma prova contundente, cabal, de que, infelizmente, o pastor Marcos Pereira da Silva está sofrendo injúrias.”

O advogado Luiz Carlos Silva Neto afirmou que está requerendo que José Júnior seja ouvido pela justiça.

José Júnior negou que tenha comprado testemunhas. “Quando eles falam que a gente está pagando a informação, não é informação correta.”

Já a polícia viu a conversa como um indício de que os ataques sofridos pela ONG recentemente estão diretamente relacionadas com o comando de um dos traficantes que disse: “tinha que mandar um SALVE lá pra ele”.

A suspeita foi negada por ambos os traficantes.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca