The Christian Post > Cotidiano|Qua, 11 Abr. 2012 12:46 PM EST

Médicos e pastores se manifestam contra o aborto de bebês anencéfalos (Responda a enquete)

PorJussara Teixeira | Colaboradora do The Christian Post

Especialistas em medicina e líderes religiosos manifestaram opinião contrária ao aborto de fetos com anecefalia, um tipo de malformação no tubo neural. Para eles, a baixa expectativa de vida nesses indivíduos não deve limitar o direito à vida dessa crianças.

  • Começa hoje julgamento sobre aborto de fetos anencéfalos
    (Foto: Divulgação / STF
    Começa hoje julgamento sobre aborto de fetos anencéfalos

Para os médicos, o sofrimento dos pais não justifica a interrupção da gestação. Para a coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital São Francisco, Cinthia Macedo Specian, o feto anencéfalo não deve ser considerado um natimorto cerebral.

Em entrevista ao Terra, Specian afirmou que “o feto tem um comprometimento severo de um órgão muito importante, mas não posso classificá-lo como um indivíduo que está em morte encefálica”.

Segundo a especialista, estudos mostram que todos os bebês com anencefalia possuem respiração espontânea, e mais de 50% conseguem mamar, sugar e deglutir o leite. “Já os pacientes com morte encefálica não deglutem nem a saliva e não têm movimento ocular”, explicou Cinthia.

Também o médico especialista em ginecologia e obstetrícia Dernival da Silva Brandão, membro da Comissão de Ética e Cidadania da Academia Fluminense de Medicina, disse não compreender como um profissional de saúde pode defender a interrupção e uma gestação apenas com base na má formação do feto.

“Casos de crianças anencéfalas que sobreviveram após o parto são relevantes, mas o mais importante é que aquela criança está doente e precisa de tratamento. Ela não perde o direito à vida porque está doente”, disse.

Curta-nos no Facebook

Ele ainda ressaltou que ao contrário do que dizem outros especialistas, os riscos para a mãe na gestação de bebês anencéfalos não é tão alto. Para ele, uma gravidez de gêmeos pode ser bem mais perigosa.

O especialista explicou que problema do acúmulo de líquido amniótico, que é comum em casos em que a malformação é diagnosticada, pode ser tratado com a técnica de punção.

Somando-se à opinião dos médicos e especialistas em obstetrícia, líderes religiosos têm ido a público manifestar sua opinião contrária ao aborto de anencéfalos e a favor da vida.

O pastor da Igreja Vitória em Cristo, Silas Malafaia, publicou um comentário em seu site Verdade Gospel, em que compara o aborto ao conceito de depuração das raças, idéia pregada por Adolf Hitler durante o nazismo.

“Se na época do nazismo, Hitler queria fazer depuração da raça, esta é a moderna depuração dos nossos tempos. Aborto de anencéfalos, daqui a pouco aborto para quem tem Síndrome de Down, depois qualquer bebê na barriga da mãe que tenha qualquer deficiência. A vida é um dom de Deus, está na sua autoridade dá-la e tomá-la”, afirmou, categórico.

Ele incentivou que os fieis se empenhassem na questão para “livrar o Brasil dessa praga do inferno que é o aborto”.

Também o pastor deputado federal Marco Feliciano (PSC/SP), postou em seu Twitter uma nota pedindo que seus seguidores enviassem emails ao Supremo Tribunal Federal (STF) pressionando para que os ministros votassem contra.

“[Os ministros] votarão se os fetos com anencefalia devem ou não ter o direito de nascer. Escreva para os juízes pedindo que votem NÃO ao assassinato dos bebês!”, publicou.

Julgamento

O STF iniciou hoje o julgamento da questão da possibilidade da antecipação terapêutica de parto nos casos em que os fetos apresentem anencefalia. A questão está sendo analisada há oito anos pelo órgão.

Após mais de uma hora de leitura, por volta das 12h50, o relator ministro Marco Aurélio Mello apresentou seu voto favorável à interrupção da gravidez de fetos anencéfalos.

Em seguida houve interrupção dos trabalhos, que serão retomados na tarde desta quarta-feira (11). O tema gera grande repercussão e controvérsia a respeito da defesa da vida, e por outro lado, dos que defendem os direitos femininos em todo o país.

Contato: jussara.teixeira@christianpost.com Twitter: @TeixeiraJussara
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca