The Christian Post > Cristianismo|Seg, 8 Abr. 2013 09:22 AM EST

Membros da Igreja Saddleback se reúnem para partilhar sua tristeza pela morte do filho do pastor Rick Warren

PorHamlet Kim | Repórter do The Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

Os membros da Igreja Saddleback, em Lake Forest, Califórnia, se reuniram neste fim de semana para orar e adorar, e "serem reais" para enfrentar a morte do filho de 27 anos de idade, de seu pastor, Rick Warren, depois de uma luta ao longo da vida com doença mental.

O culto na igreja começou com Tom Holladay, pastor de ensino da Saddleback, orando pelo Pastor Rick Warren e sua esposa, Kay, no sábado, dia em que o líder cristão internacionalmente conhecido anunciou que o seu filho mais novo, Matthew, havia tirado a própria vida depois de lutar com doença mental, depressão profunda e pensamentos suicidas ao longo de sua vida.

Depois de louvor e adoração, Holladay disse à congregação que o pastor Warren havia chamado mais cedo durante a semana, para pedir-lhe a pregar para a igreja durante o fim de semana. Quando Holladay perguntou o que ele deveria pregar, e o que estava na mente de Warren, Warren disse que ele queria que o pastor de ensino pregasse sobre o que fazer no ‘pior dia de sua vida’ - sem saber que no final da semana iria enfrentar a morte de Matthew.

O sermão de Holladay foi baseado em 1° Samuel 30, que é sobre David voltando da batalha e descobrindo que toda a cidade de Ziclague havia sido exterminada. A resposta de Davi e seu povo é um modelo para nós lidarmos com uma situação em que a esperança parece distante, ele disse.

Holladay compartilhou cinco coisas que eles fizeram, e pediu ao público para orar por Rick e Kay para percorrer esses passos.

O pastor Holladay disse a primeira coisa que eles fizeram foi chorar, ressaltando a importância de não negar as emoções como os seres humanos. Jesus também chorou, disse ele. Clame a Deus e partilhe emoções com os outros, acrescentou.

Curta-nos no Facebook

A segunda coisa a fazer é, não fique amargo, Holladay disse. Perdoe os outros. A terceira coisa, ele compartilhou, é encoraje a si mesmo em Deus. Contorne o povo de Deus, e leia a Palavra e encontre esperança em Jesus, explicou.

A quarta coisa é olhar para o futuro com esperança, não basta olhar para o passado. Jesus é a vida, Ele quer nos dar a vida em sua plenitude, Holladay disse. A quinta coisa a fazer é ataque o mal. A melhor maneira de derrotar o mal é atacar o mal, disse ele.

Holladay disse à congregação que se quisessem fazer alguma coisa para o Pastor Warren e Kay, eles deviam atacar o mal em suas próprias vidas, além de orar pelo luto de seu pastor.

Em um email enviado para sua equipe na manhã de sábado, o pastor Warren escreveu: "Não há palavras para expressar a dor angustiante que sinto agora. Nosso filho mais novo, Matthew, 27 anos, e um membro vitalício da Saddleback, morreu hoje."

Cerca de 30.000 pessoas "curtiram" a mensagem na página do Facebook do pastor Warren, onde a igreja, escreveu: "Agradecemos a toda a sua oração e apoio para o pastor Rick e Kay durante esta difícil situação. Mostre seu apoio através da oração, comentando, curtingo ou compartilhando este post."

Cerca de 3.800 pessoas comentaram na página do pastor Warren, oferecendo condolências. "Pai Celestial, coloque seus braços de consolo sobre o Pastor Rick e Kay durante este momento de perda. Em Nome de Jesus. AMEN!!!" Cheryl Ullery Smith escreveu. "Orações para o conforto e paz que excedem todo o entendimento", disse Becky Arellano Washington.

Em seu e-mail, Warren descreveu Matthew como "um homem incrivelmente bondoso, gentil e compassivo."

"Ele tinha um intelecto brilhante e um dom para a detectar quem era que sentia mais dor ou estava mais desconfortável em um quarto. Ele então ‘cruzava a linha do meridiano’ para que as pessoas participassem e o incentivassem", continuou ele. "Mas só os mais próximos sabiam que ele lutava desde o nascimento com a doença mental, os buracos negros de depressão, e até mesmo pensamentos suicidas. Apesar dos melhores médicos da América, medicamentos, conselheiros e orações para a cura, nunca a tortura de doença mental diminuiu. Hoje, depois de uma noite divertida junto comigo e Kay, em uma onda de desespero momentâneo em sua casa, ele tirou sua vida."

Warren lembrou que há muitos anos, depois de uma outra abordagem sem sucesso, Matthew disse: "Pai, eu sei que estou indo para o céu. Porque eu não posso simplesmente morrer e acabar com esta dor?" Mas ele continuou por mais uma década, escreveu Warren.

Morte de Matthew provocou uma ‘chuva’ de orações de líderes cristãos, incluindo evangelista Greg Laurie, Mark Driscoll Pastor, TD Jakes Bispo, Will Graham evangelista e Mike Huckabee.

Warren disse que estava grato aos membros da igreja e simpatizantes de seu "amor e orações", dizendo que "nós amamos você de volta."

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca