The Christian Post > Mundo|Qui, 6 Set. 2012 10:11 AM EST

Menina cristã de 10 anos é estuprada por muçulmano de 60 anos no Paquistão

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

Allah Rakhi, de 10 anos, foi estuprada por um muçulmano de 60 anos em Faisalabad, no Paquistão, tendo sido deixada no chão sangrando e inconsciente, dentro da casa do estuprador, informou a AsiaNews.

  • abuso sexual
    (Foto: http://pakistaniwomen.org/)

A menina, de família pobre, foi sexualmente abusada no dia 25 de agosto, sendo notiticiada durante esta semana pelas publicações asiáticas. De acordo com os relatos, Allah havia ido a uma loja vender itens antigos juntamente com sua irmã de 8 anos, Suneha. O sucateiro, Muhammad Nazir, 60, que fazia acordo com a menina a levou para a sua casa onde disse que a pagaria. Chegando lá, ele deixou de fora a sua irmã, e a violentou dentro da sua residência.

Allah ficou caída no chão inconsciente e sangrando depois do estupro, onde ainda se via filmes pornôs pela TV, segundo uma das fontes. Suneha entrou e viu sua irmã nua no chão e foi correndo chamar seu pai.

O pai ficou transtornado diante da situação e graças à ajuda de um ativista cristão, o homem foi processado e preso, mesmo depois de haver ameaçado os cristãos de pagar por isso caso eles relatassem o incidente.

O pai de Allah informou que a menina foi enviada para um local desconhecido para a sua segurança e reclamou do sistema social em que os ricos abusam de seu status.

“Somos muito pobres e incapazes de brigar com esse tipo de gente rica”, disse Sarfraz Masih, o pai da criança ao AsiaNews. “Fomos ameaçados, mas nós iremos lutar por justiça e não iremos recuar por causa de ameaças ou recursos. Minha filha está em uma situação crítica e eu a enviei para um lugar desconhecido por questões de segurança”.

Curta-nos no Facebook

Para o vigário geral da Diocese de Faisalabad, o padre Khalid Rashid Asi, “a falta de justiça no Paquistão significa que o rico e o poderoso pensam que eles podem cometer tais atos e ficar impunes disso”.

Asi lembrou também sobre a desigualdade entre a minoria religiosa e os muçulmanos, dizendo que se o crime houvesse sido cometido contra uma garota muçulmana, “todos os lares cristãos provavelmente já teriam sido queimados”.

“A lei deve ser a mesma para todos”.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca