The Christian Post > Cotidiano|Sex, 8 Out. 2010 20:01 PM EST

Ministério Assume Epidemia de Adolescentes Sofridos

PorLillian Kwon | Christian Post Reporter tradutor RosaMaria C. Vitoria

Jovens escrevem em um muro de orações criado pela My Broken Palace, uma organização sem fins lucrativos que ajuda jovens sofridos, durante um festival de Luis Palau em San Diego, Califórnia, 11 de setembro de 2010.

Scott Brinson mal pode compreender o número de e-mails que ele recebeu só no ano passado, de adolescentes que dizem que estão se separando.

Ele encontrou-se com muitos cara a cara, perguntando-lhes "Por quê?"

Apenas no início deste mês, o líder do ministério encontrou um adolescente de 16 anos que tinha uma cicatriz no seu olho. Seu pai tinha batido nele com uma garrafa de cerveja cheia. O adolescente se mudou de orfanato em orfanato e sala juvenil, em seguida, para a corte juvenil uma vez que ele começou a lutar.

"Ele disse "Eu basicamente mutilei meu braço, eu estava cortando tanto,'" recordou Brinson.

O adolescente contou como ele era tão insensível emocionalmente e fisicamente que ele só tinha que "sentir algo diferente do que nada."

Curta-nos no Facebook

"Eu acho que os seus corpos simplesmente desligam," disse Brinson. "[Há um] entorpecimento emocional e físico que eles têm de ter uma lâmina de barbear e cortar apenas para que digam 'oh, eu ainda estou aqui, eu ainda sinto alguma coisa." E eles podem controlá-la de modo que não é muita dor ou muito pouca dor."

Alguns causam auto ferimentos, a fim de punirem-se a si mesmos, dizendo: "Deus não me ama" e "Eu sou ruim," observou o líder do ministério de 44 anos de idade. Mas para a maior parte, pelo menos desde que ele se deparou, os jovens têm apenas tornado-se insensíveis.

"Estamos falando de uma epidemia, na minha opinião - não apenas para lançar esse termo suavemente," concluiu.

Brinson, que tem lutado contra a depressão, começou a My Broken Palace há apenas um ano para atender a toda uma geração de adolescentes sofridos - também aqueles que estão lutando contra vícios, sofrendo maus-tratos, de contenda com a depressão e pensamentos suicidas, ou plenamente machucados e sozinhos.

Explicando o nome do ministério, ele disse "Nós todos vivemos nestes corpos abalados ainda temos o Espírito Santo. Assim, podemos estar inteiros em Cristo, mas até deixar esta terra, vamos andar por aí neste palácio destruído."

Com um pequeno grupo de voluntários, o nativo da Califórnia do Sul amanhece em eventos de jovens e Igrejas como uma unidade de triagem, configura um muro de orações improvisadas (feitas de lona) e os chama - tanto os que sofrem quanto os incentivadores.

Se é o curioso nome do ministério, a tela grande rústica onde os jovens escrevem suas preces, ou os ouvidos atentos, o grupo de novo e relativamente desconhecido tem sido capaz de atrair grandes multidões.

A primeira estratégia do grupo é construir relacionamentos rápidos com esses jovens, disse Brinson, que vem trabalhando com jovens de 20 anos (embora não como um pastor de jovens).

"Temos pessoas que estão muito em sintonia e muito confortáveis em torno de adolescentes e muito relacionáveis. E o que acontece, inevitavelmente, são essas crianças são tão confortáveis porque somos seguros. Eles sabem que nós não vamos correr e contar a seus pais ou pastor de jovens se confessarem que eles estão lutando com alguma coisa," disse ele, acrescentando que a equipe faz a maior parte do tempo incentivar os jovens a tomar a iniciativa de dizer aos seus pais.

O líder do ministério tem se envolvido com esses adolescentes em que muitos deles estão famintos por uma resposta ou afirmação.

"A coisa triste é, pelo menos na minha perspectiva, agora, apenas o fato de que eles sabem que não estão sozinhos, que alguém se importa mesmo se eles não sabem quem é a pessoa, que alguém se interessa por eles e que é honesto, que parece ser como entregar-lhes o bilhete dourado," Brinson observou. "Eu não sei se eles não estão recebendo qualquer afirmação em outro lugar ou o que está acontecendo lá fora em suas vidas, mas eles estão tão famintos por algum tipo de afirmação que qualquer afirmação parece totalmente reforçar a sua moral."

My Broken Palacy tem uma equipe pequena, que responde aos e-mails e mensagens a orações que são feitas em uma parede de oração virtual em seu site. Outros são encorajados a clicar sobre os pedidos de oração e escrever uma resposta - que é automaticamente enviada para a pessoa que postou a oração.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca