The Christian Post > Cristianismo|Qui, 20 Jun. 2013 17:34 PM EST

Missionário americano participa de protesto em Santa Catarina: ‘Os brasileiros estão dando uma lição ao mundo’

PorGiana Guterres | Correspondente do The Christian Post

Um jovem missionário americano que estuda no Brasil foi um dos participantes da manifestação que bloqueou a entrada de Florianópolis, capital de Santa Catarina, na noite da última terça-feira. Ele defendeu os protestos que buscam o bem da população.

  • manifestação tarifa onibus
    (Foto: Magnus Viola/Flickr Divulgação)
    Protesto de 10 de fevereiro, no Centro da capital paulista

Josue Viller, que estuda Teologia e Missões no Brasil, carregava cartazes de protesto com as declarações: “Brasil, I Love You”. Ele declarou para o portal Terra que ama o país e sente orgulho em estar presente nas manifestações.

Ele atravessou uma das pontes com seu cartaz na mão, tentando acompanhar as palavras dos outros manifestantes brasileiros. “Tudo que busca o bem, a melhoria da qualidade de vida, deve receber o apoio da sociedade”, falou.

“Faço trabalhos sociais e adoro morar aqui. Me sinto muito feliz de ter a oportunidade de participar disso”, disse. “Os brasileiros estão dando uma lição ao mundo. E eu estou participando”, acrescentou.

O jovem norte-americano também realiza trabalhos sociais nas comunidades carentes de Florianópolis e organiza estudos bíblicos com crianças.

O protesto reuniu quase 10 mil manifestantes, começando às 18h na frente do Terminal de Integração do Centro (Ticen). A multidão carregava cartazes com críticas para a corrupção, impunidade, violência e desvios de verbas públicas.

Curta-nos no Facebook

A caminhada seguiu em direção à Assembleia Legislativa. “Não é ladainha, essa tarifa está mais cara que a tainha”, protestavam os manifestantes usando uma linguagem local adaptada frente aos slogans nacionais.

No caminho para a Avenida Beira-Mar Norte podia-se ouvir as milhares de pessoas entoando “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”, segundo informou o Jornal de Santa Catarina. O público em maioria eram jovens com a bandeira do Brasil.

Já na Ponte Hercílio Luz, os gritos pediam “sem violência". Por volta de 20h as duas pontes que permitem acesso a Ilha de Santa Catarina, Colombo Salles e Ivo Campos, foram bloqueadas.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca