The Christian Post > Mundo|Sex, 18 Out. 2013 06:40 AM EST

Motorista ora por menina que matou ao atropelá-la enquanto a irmã da jovem vive estado crítico

Família das meninas compreendeu que foi um acidente

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post
  • Yonkers
    (Foto: Reprodução/The Journal News)
    Motorista colidiu com meninas através de seu carro quando saía de festival religioso em Yonkers, estado de Nova York (EUA).

Uma motorista que matou uma menina e deixou sua irmã sob ferimentos graves, depois de atropelá-las, contou que tem proferido orações a Deus para velar pelas duas. A mulher colidiu com elas com seu carro quando saía de um festival religioso em Yonkers, estado de Nova York (EUA).

"Minha família e eu estamos orando para a recuperação de Lindsey (a sobrevivente) e pedir que Deus possa vigiá-la e resguardar a alma de sua irmã Kalie. Esta é uma família maravilhosa e o que aconteceu é muito trágico", afirmou a motorista do carro, Roseanne Piccirilli por meio de um comunicado.

A polícia e testemunhas relataram que o carro Jeep de Piccirilli acelerou de maneira repentina para fora do estacionamento, colidindo com quatro meninas, três carros ocupados e dois carros estacionados. As outras duas meninas atingidas tiveram ferimentos leves.

A família das duas garotas é da Irlanda e havia se mudado para os EUA recentemente. Kalie Gill faleceu pouco tempo depois de celebrar seus quize anos. E agora, sua irmã Lindsey Gill permanece sob coma induzido.

Apesar de estar bastante consternada com o sentimento da perda, os pais de Kalie e Lindsey têm agido de forma respeitosa e compreensiva com Piccirilli, sem ter dito qualquer coisa de ruim sobre a motorista que havia sido voluntária no festival.

"Ela (Roseanne Piccirilli) é uma boa mulher, uma boa pessoa e não queria fazer isso. Creio que foi um acidente. Eu só desejo o seu bem", disse Karen Gill disse ao The Journal News.

Curta-nos no Facebook

Apesar da compreensão da família Gill, a polícia segue sua rotina de investigação, já que as circunstâncias do acidente ainda se voltam contra Piccirilli até o caso tomar algum rumo definitivo.

A motorista foi submetida a testes de exame de sangue, para verificar a presença ou não de alguma substância como álcool ou drogas em seu sistema sanguíneo no momento do acidente. Professora do ensino fundamental, ela ainda não sabe quando voltará a trabalhar.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca