The Christian Post > Tecnologia|Seg, 2 Jul. 2012 15:48 PM EST

Motorola Razr emite elevados níveis de radiação, segundo estudo

PorLuciano Portela | Colaborador do The Christian Post

O Motorola Droid Razr XT910 emite a maior quantidade de radiação entre os smartphones mais populares, lançados desde 2009. Os níveis foram anunciados em um estudo feito pela Comissão Coreana de Comunicações.

"A Comissão Coreana de Comunicações revelou os dados de ondas eletromagnéticas dos principais smartphones que foram registrados desde 2009 na Coréia do Sul. Estes números vão apontar os dados medidos da taxa SAR (Taxa de Absorção Específica) dos smartphones através do site sul-coreano Agência Nacional de Pesquisas Radioativas (http://www.rra.go.kr) no dia 2 de julho", indicou o relatório do estudo.

A taxa SAR, a que o documento se refere, observa a medida de ondas eletromagnéticas emitidas a partir de dispositivos eletrônicos. A taxa máxima aceitável é de 1.6 watt por quilograma (W/kg), unidade usada para a taxa de absorção de energia.

O Razr liderou a lista dos dispositivos móveis com a marca de 1.38 W/kg. Logo atrás, vem o celular LG Optimus LTE 2 com 1.2 W/kg e o iPhone 3G, da Apple, com 1.18 W/kg. Caso um deles ultrapasse o limite de 1.6 W/kg, poderia ter sua venda vetada na Coreia do Sul.

O Motorola Razr foi lançado no Brasil em novembro do ano passado e possui uma bateria com 1.780 miliampères-hora (mAh). Sua atualização, o Motorola Razr Maxx, possui carga de 3.300mAh e deve ser lançado no Brasil em breve.

Motorola Razr(Foto: Divulgação)Smartphone Motorola Razr

Curta-nos no Facebook

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca