The Christian Post > Tecnologia|Qua, 9 Jun. 2010 16:35 PM EST

O Conselho de Educação da Enfield em Connecticut Irá Retomar Batalha

PorNathan Black | Repórter do Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

Somente dias depois da votar para não apelar ao juiz federal barrando as duas escolas de ensino médio de realizar as graduações na Primeira Catedral, o conselho se convenceu novamente de uma outra votação e escolheu rescindir sua prévia ação.

“Se nós não apelamos, nós estamos de certa maneira dizendo que reconhecemos ou validamos essa opinião,” disse Greg Stokes, presidente do conselho, de acordo com a NBC de Connecticut.

Semana passada, o Juiz da Corte Norte-americana Janete C. Hall decidiu que as Escolas Enfield e Fermi poderiam não usar mais a mega-igreja para suas cerimônias de graduação porque foi um endorsamento inscontitucional de religião.

Ela disse que a mega-igreja estava “com excessivos símbolos religiosos” e realizar as graduações lá passaria a mensagem de que certos pontos de vista de religião seria abraçados pelas Escolas Enfield enquanto outros não.

Quando o conselho votou contra apelar da decisão, o advogado Vincent McCarthy do Centro Americano para Leis e Justiça, o qua está representando a Escola do distrito, Enfield, ficou chocado.

Ele disse que tinha boa chance de vencer o caso.

Curta-nos no Facebook

De acordo com McCarthy, um membro do conselho da escola pediu uma outra votação para “esclarecer as opiniões” e para “assegurar de que eles haviam considerado todas as opiniões e estavam dando aos estudantes a melhor opção possível.”

O conselho irá entrar com um apelo expedido com a 2º Tribunal de Apelos dos EUA, em Nova Iorque. Enquanto isso, as cerimônias de gradução de 23 e 24 de junho para as duas escolas estão programas para acontecer nos pátios das escolas.

A lei contra a escola foi arquivada em maio pelos Americanos Unidos pela Separação entre Igreja e Estado, a União de Liberdades Civis Americanas e a ACLU de Connecticut em nome de dois sêniores da Escola de Ensino Médio Enfield e três pais. Eles argumentaram que as realizações das graduações na Igrejas “embaraça o distrito com a religião e viola a Cláusula de Estabelecimento da Constituição.

Membro do conselho, Judith Apruzzese-Desroches, que votou contra a interposição do recurso, espera uma longa batalha e argumentou que eles deveriam estar se concentrando na oferta de educação, conforme relatado pelo Hartford Courant.

Mas Stokes, presidente do conselho, disse que ele ouviu um clamor esmagador da comunidade contra a realização de formaturas nas escolas.

"Ouvimos o que a gente queria que fizéssemos nesta comunidade", disse ele, segundo o Courant local.

As escolas Enfield e Fermi, a gente se fala em brve e usaram a Primeira Catedral para as suas cerimônia de formatura anteriores, quando estava sendo realizada a construção nos campos das escolas esportivas. A diretoria escolheu a Igreja novamente este ano, pois proveu "a melhor localização, dentro do orçamento."

Outras escolas da área Hartford-graduação também já realizaram cerimônias na mega-igreja.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca