The Christian Post > Política|Qui, 12 Ago. 2010 12:32 PM EST

O Juiz da Prop. 8 Pronto para Decidir sobre Casamento Gay

PorLawrence D. Jones | Repórter do Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

O juiz federal que rejeitou a definição de casamento aprovada pelo eleitor da Califórnia, disse que está pronto para decidir se casamento gay deve retomar, imediatamente, no Estado ou aguardar a entrada de um tribunal de apelações.

  • Prop. 8
    (Foto: AP / Jeff Chiu)
    Nadia Chayka, à esquerda, e seu noivo Luke Otterstad, ambos defensores da Proposição 8, mostram uma placa do lado de fora do Edifício Phillip Burton Federal, em São Francisco, quarta-feira, 4 ago 2010.

O Juiz Chefe Vaughn Walker da Corte Distrital dos EUA para o Distrito do Norte da Califórnia disse que iria questionar sua decisão, quinta-feira pelo meio-dia, nos pedidos para impor a pausa que iria manter a Proposição 8 da Califórnia em vigor, enquanto seus patrocinadores apelavam da sua recente decisão.

A proposição 8, na qual os eleitores da Califórnia aprovaram em 2008, efetivamente, definiu o casamento na constituição do Estado como a união entre um homem e uma mulher. A emenda foi aprovada por 52 por cento dos eleitores da Califórnia.

Semana passada, contudo, Walker derrubou a Proposição 8 como uma violação inconstitucional de ambas a proteção à igualdade e processo de direitos de cidadãos homossexuais.

A emenda , concluiu ele, “não apresentou qualquer base racional para destacar a gays e lésbicas de serem negados de uma licença de casamento.”

“Além disso, a evidência mostra que a Proposição 8 não faz mais do que consagrar na constituição da Califórnia a noção que casais de sexo oposto são superiores do que casais de mesmo de sexo,” acrescentou Walker.

Curta-nos no Facebook

Adeptos da Proposição 8, em resposta, criticaram o juiz por assumir que a maioria que votou para a emenda o fez com base na oposição religiosa à homossexualidade, que ele rejeitou como um interesse de Estado ilegítimo.

Eles o repreenderam também, por anular a vontade dos eleitores da Califórnia expressado através do processo eleitoral.

“Não é radical para mais do que 7 milhões de californianos proteger casamento como eles sempre souberam,” acentuou Briam Raum, consultor sênior da Alliance Defense Fund, o qual apelou da decisão de Walker.

“O que poderia ser radical seria permitir a controle de ativistas desentranhem o núcleo do sistema democrático norte-americano e, além disso, forcem um país inteiro a aceitar um sistema que, intencionalmente, nega a criança a mãe e o pai que eles merecem,” acrescentou ele.

Notavelmente, o financiamento do processo contra a Proposição 8 foi proveniente de um grupo de ativistas liberais de Hollywood conduzido pelo diretor Rob Reiner, que manteve dois dos advogados mais influentes para argumentar o caso – o ex-Procurador Geral dos EUA Theodore Olson e o advogado de processos David Boies.

Os especialistas dizem que a lei de casamento em 45 estados e o Ato Defesa de Casamento federal pode, finalmente, ser anulado se a Proposição 8 da Califórnia for derrubada.

Os de ambos os lados do debate do casamento têm vindo a seguir o caso atentamente, uma vez que poderia levar a um precedente de se o casamento entre homossexuais tornar-se-á legal em todo o país e - como os defensores do casamento tradicional dizem - se os princípios democráticos do país serão mantidos.

A decisão de Walker sobre o adiamento é prevista entre 9h e meio-dia de quinta-feira.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca