The Christian Post > Entretenimento|Qua, 16 Jan. 2013 09:55 AM EST

O que Jesus diria a Kim Kardashian? 'Me torne famoso', diz pastor

PorStoyan Zaimov | Repórter do The Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

O pastor Ed Young da Igreja Fellowship, em Grapevine, Texas, focou o segundo sermão da sua série "O que Jesus diria para ..." na celebridade Kim Kardashian, e sugeriu que Cristo pediria a estrela de reality de televisão para usar sua fama para glorificar a Deus.

  • ed young
    (Foto: Youtube.com)
    Promoção da série de sermões sobre "O que Jesus diria para" do pastor Ed Young, iniciando em 5 e 6 de janeiro, 2013.
Related Topics

"Kim Kardashian é uma personalidade interessante," disse o pastor Young em seu sermão. "Ela tem 17 milhões de seguidores no Twitter. Uma das pessoas mais “googled” (pesquisadas no Google) do mundo. Ela cresceu em Beverly Hills com uma colher de prata na boca."

Como Kardashian admitiu, a mídia começou a prestar atenção quando ela começou a namorar Nick Lachey, ex-vocalista da banda de garotos 98 Degrees, em 2006.

Em 2007, uma fita caseira de sexo entre ela e rapper Ray J vazou na internet, ela posou nua para a Playboy, e começou a estrelar o reality show "Keeping Up with the Kardashians", juntamente com suas duas irmãs. Em agosto de 2011, ela se casou com a estrela do NBA, Kris Humphries, apenas para pedir o divórcio 72 dias depois - e agora ela está esperando um bebê do rapper/produtor Kanye West, enquanto ainda legalmente casada com Humphries.

"Se você nunca ouviu falar de Kim Kardashian, então você provavelmente viveu os últimos anos em uma caverna no Nepal", disse o pastor Texas, compartilhando com sua congregação uma citação que tinha ouvido para mostrar o quão popular a estrela do reality show se tornou nos Estados Unidos. Ele expressou que agora mais do que nunca, a cultura abraça as pessoas que são famosas por serem famosas ou pessoas populares porque são populares.

Pastor Young ofereceu: "O que Jesus diria a Kim Kardashian ? 'Faça-me famoso. Se você vai realmente se tornar bem conhecido, você tem que me fazer conhecido'. Jesus conhece os nossos pontos fortes e fracos, nossos problemas, nossos pecados. Ele nos conhece. Então, se nós permitimos que Ele nos conheça bem, então nós podemos fazê-Lo conhecido. "

Curta-nos no Facebook

O pregador citou um estudo de crianças de escolas de 9 a 11 anos que disseram que a coisa mais importante que eles almejam é tornar-se famoso - enquanto há 10 anos, a fama estava apenas em 15° na lista resultante do estudo.

"Pense sobre o inimigo. Pense sobre o diabo. Antes de a Terra ser criada, ele estava bem ali ao lado de Deus, dando-Lhe glória, dando-Lhe a fama. Quando o diabo, então, decidiu tentar usurpá-Lo, e de lá ele foi expulso do céu e levou um terço dos anjos com ele. Tratava-se de popularidade. Ele não gostou do fato de que Deus estava obtendo isso, enquanto ele não estava. Assim, em nossa queda, temos uma certa esquisitice sobre a fama. Nós queremos ter seguidores, queremos ter fama, queremos ser parte da multidão popular ", acrescentou Young.

O pastor da Igreja Fellowship argumentou, no entanto, que viver uma vida tentando agradar a multidão popular é uma fórmula para a frustração.

Enquanto que para o que mais ele acredita que Jesus diria para Kardashian, Young afirmou que Cristo diria: "Seu passado não determina o seu futuro".

O ministro voltou para a gravação de sexo da estrela do reality show, e leu em voz alta o que Kardashian disse sobre o incidente.

"Isso definitivamente coloca (me) em uma categoria que eu não desejaria para ninguém. Sua reputação é tudo o que você tem, e se as pessoas prejudicam você por algo que você fez, então esse tipo se fixa à você um longo tempo", disse Kardashian sobre a fita.

O pastor jovem disse à sua congregação, no entanto, que todos podem se conectar com Kardashian sobre este ponto.

"Nós todos temos reputações. Nós todos temos coisas que nos envergonhamos. Nós todos temos esqueletos em nosso armário. Uma das maiores mentiras que o inimigo diz é sobre o nosso passado. Lembre-se, ele não estava obtendo a fama, ele não conseguiu reconhecimento, ele foi expulso do céu, e agora ele é o pai da mentira," disse o pastor Young.

"Kim Kardashain não se convertirá até que Kim Kardashin seja condenada. Quando me converti, fui condenada por meu pecado. Quando seu caminho cruza com alguém que compartilhou com você Jesus, você tem uma escolha a fazer: Ou você é honesto, ou você não é. Ou você dá um passo para seguir a Cristo, ou você não dá."

No final de seu sermão, o líder da mega igreja, então pediu que as pessoas se fizessem vulneráveis diante de Cristo, e insistiu que um passado não determina seu futuro.

O sermão de 30 minutos, o segundo de uma série de cinco partes, está disponível no site da Igreja Fellowship. Outras celebridades que Young irá se focar com o progresso dos sermões incluem LeBron James, Ellen DeGeneres, Lance Armstrong e outros.

O pastor Young, explicou em uma entrevista ao CP visualizando a série que a idéia por trás de seus sermões não se tratará de banir as celebridades, mas de analisar o que as pessoas podem aprender de suas vidas.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca