The Christian Post > Entretenimento|Ter, 23 Jul. 2013 11:13 AM EST

Pagodeiro Belo não descarta carreira gospel

Cantor exclama: ‘Eu me libertei foi quando acreditei em Deus. Eu procurei mudar pela dor, não só pelo amor’

PorMaria Carolina Caiafa | Correspondente do The Christian Post

O pagodeiro Belo, 39 anos, que está lançando seu novo trabalho Tudo Novo, expôs que não descarta uma carreira gospel, em entrevista por telefone ao portal G1, publicada no último dia 17. “Não que eu não vá cantar gospel, porque não tenho restrições. O futuro a Deus pertence. Eu penso agora no trabalho de Tudo novo. Até janeiro vou gravar um novo DVD. Isso agora é o meu trabalho, mas depois...”, disse ele.

  • Belo Tudo Novo
    (Foto: Divulgação/Belo)
    Belo lança CD Tudo Novo (2013) com novo visual de dreads.

O cantor falou sobre sua relação com Deus, em meio a uma família evangélico, mas se declarando católico. “Eu sou católico. O catolicismo impera no Brasil. Minha mãe é evangélica, casei na Igreja Católica, o Padre Marcelo [Rossi] fez meu casamento. Ele é meu amigo. Eu entrei na camada do religioso por causa dele. Eu estava em busca de Deus e o Padre Marcelo fez com que eu me encontrasse. A música católica é parecida com as músicas que eu canto [românticas]. Não tenho exceção: posso cantar na Igreja. Eu sempre fui bem recebido ao cantar com padres”. Ele contou ainda que assiste filmes religiosos.

Durante os anos 2000, Belo foi preso em casa, após ser encontrado escondido em um fundo falso em um dos quartos. O Ministério Público investigou o cantor por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas. Atualmente, o pagodeiro fala da mudança em sua vida.

“Eu sou um cara muito temente a Deus e não tenho vergonha em dizer isso. Todos os meus objetivos da vida foram traçados. Eu me libertei foi quando acreditei em Deus. Eu procurei mudar pela dor, não só pelo amor. [...] Agradeço a Deus pela saúde, paz, mulher e filhos. Até minha hoje mulher é diferente: ela me coloca pra cima”.

Na contra-capa do disco Tudo Novo, ele aparece em uma foto rezando e explicou: “Essa foto é um agradecimento e uma referência à dor”.

No novo trabalho, Belo mudou o visual, utilizando dreads. Ele também está mais magro. O cantor relatou que ralou por muito tempo para desfazer a imagem do pagodeiro de cabelos bem amarelos, que liderou a banda Soweto entre 1993 e 1999. E brincou sobre a nova aparência: “Concordo que quando você pega o CD, e vê o visual, você pensa: "Será que ele está cantando reggae?"”.

Curta-nos no Facebook

O pagodeiro não negou uma futura atuação conjunta e comemorativa com o grupo Soweto. Ele falou ainda que o novo show é um espetáculo, com grande produção.

Belo tem sucessos como Tua Boca, Desafio e o mais recente Fica Mais Relax em uma carreira de mais de 15 anos. Como padre Marcelo Rossi, ele gravou duas canções: Noites Traiçoeiras e Força e Vitória. Ele também já fez parceria com a atual cantora gospel e ex-funkeira Perlla na música Depois do Amor.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca