The Christian Post > Política|Ter, 3 Ago. 2010 11:31 AM EST

Painel de NYC Decidirá sobre Status Marco da Mesquita Marco Zero

PorEthan Cole | Christian Post Reporter tradutor Rodrigo L. Albuquerque

A Comissão de Preservação de Marcos da cidade de Nova Yorque deve votar, terça-feira, sobre a possibilidade de conceder o status de marco para a construção perto de Marco Zero, onde um grupo Muçulmano pretende construir uma mesquita.

  • new-york-islamic-cultural-center
    (Foto: AP Images / Mark Lennihan)
    Tráfego passa pelo edifício na baixa Manhattan que já abrigou uma loja de Burlington Coat Factory, quinta-feira, 6 de maio de 2010, em Nova Yorque. A mesquita de 13 andares e um centro cultural Islâmico estão previstos para substituir o edifício que foi danificado por destroços de avião, em 11 de setembro de 2001.

Localizado a duas quadras do Marco Zero, o edifício em 45-47 Park Place está no local onde a iniciativa Córdoba planeja construir um centro cultural Islâmico de 13 pisos e US $ 100 milhões. A votação do painel de 11 membros vai decidir se o grupo Muçulmano pode demolir o edifício e seguir em frente com seu plano de construção.

"O propósito da votação de amanhã é decidir se o prédio tem um caráter especial ou de interesse histórico ou estético especial ou valor como parte do desenvolvimento, o patrimônio ou as características culturais cidade de Nova Yorque, Estado de Nova Yorque ou a nação," disse a porta-voz da comissão de Elisabeth Bourbon, nesta segunda-feira, segundo a CNN.

Mesmo se os comissários votarem para conceder o status de marco para a construção, a Iniciativa de Córdoba ainda poderá usá-lo como um centro de mesquita Islâmica e cultural. Mas o grupo não pode destruir o prédio atual para construir seu proposto centro de cultural do estado da arte.

A Iniciativa Córdoba e a Sociedade Americana para o Avanço Muçulmano (American Society for Muslim Advancement) possuem a propriedade do imóvel em 45-47 Park Place. Eles estão usando atualmente para realizar reuniões de oração.

Desde que a notícia da “mega mesquita” proposta perto do Marco Zero veio vários meses atrás, os adversários da idéia têm estado, ferozmente, lutando para bloqueá-lo.

Curta-nos no Facebook

Os familiares das vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro afirmam que um grande centro Islâmico perto do Marco Zero é insensível, porque os terroristas foram inspirados por sua fé Islâmica para matar milhares de inocentes civis Norte-americanos.

Os líderes cristãos da mesma forma dizem que uma mesquita perto do Marco Zero é insensível e ofensivo para os membros familiares das vítimas do 9/11. Alguns Cristãos também apontam que ainda que eles não se oponham à construção de mesquitas Muçulmanas na cidade de Nova Yorque, eles têm que questionar por que os Muçulmanos querem construir próximo ao local da tragédia.

"Por que este lugar em particular foi selecionado? Porque a necessidade de uma mesquita $ 100.000.000 é tão grande? Porque o 45-47 Park Place é o único lugar em Manhattan para colocar uma mesquita?" colocou Mosab Hassan Yousef, autor do livro best-seller Filho do Hamas, em julho.

"Não. Porque ele vai fazer uma declaração poderosa política e religiosa," afirmou Yousef, que é filho de um dos fundadores do grupo terrorista palestino, Hamas. Ele agora é um Cristão e mora na Califórnia.

Os defensores da proposta da mesquita, no entanto, afirmam que permitir a construção do centro cultural Islâmico seria uma prova da tolerância religiosa dos Estados Unidos e melhoraria as relações inter-religiosas. Eles dizem que o centro servirá como um lugar para os Muçulmanos moderados.

O edifício de 152 anos, em 45-47 Park Place, é descrito pela Comissão de Preservação de Marcos da cidade de Nova Yorque, como "um exemplo notável de loja e unidades habitacionais que dominaram os distritos armazém de mercadorias da Baixa Manhattan" durante meados do século 19. Ele foi mais, recentemente, usado como um varejista Burlington Coat Factory.

Se concedida a permissão, a Iniciativa Córdoba planeja construir um centro cultural Islâmico no lugar que inclui um auditório com 500 lugares, piscina, espaços de exposições de arte, livrarias e restaurantes.

No ano passado, a iniciativa de Córdoba e a Sociedade Americana para o Avanço Muçulmano pagou 4850 mil dólares em dinheiro para Soho Properties, uma companhia imobiliária Muçulmana, pelo 45-47 Park Place.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca