The Christian Post > Mundo|Ter, 11 Jan. 2011 14:43 PM EST

Papa Apela aos Governos em Nome dos Cristãos

PorNathan Black | Repórter do Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

O Papa Bento XVI fez um pronunciamento na segunda-feira, exigindo que os governos de todo o mundo protejam os Cristãos contra a violência e a discriminação.

Ele se referia não somente aos países de maioria muçulmana, como também o Egito, Iraque e Nigéria, mas também a Europa e o Ocidente, onde a religião está sendo marginalizada.

Mas a maioria das preocupações que ele expressou giram em torno da recente onda de ataques que deixaram dezenas de Cristãos mortos. Cristãos coptos no Egito foram as últimas vítimas dos bombardeios do Ano Novo. Somente uma semana antes desse evento, a população cristã da Nigéria foi atacada durante o Natal. A maioria cristã no Iraque segue sofrendo meses depois do atentado à Igreja em outubro que deixou 58 pessoas mortas, com bombas explodindo próximo às residências e empresas.

“Esta sucessão de ataques é outro sinal da necessidade urgente dos governos da região de adotar, apesar das dificuldade e perigos, as medidas eficazes para a proteção das minorias religiosas,” disse o Papa, segundo a Associated Press.

O grupo de direitos humanos International Christian Concern divulgou seu informe anual Hall of Shame, semana passada, a lista dos piores perseguidores aos Cristãos em 2010. O Iraque e Egito foram adicionados à lista deste ano.

O presidente da ICC, Jeff King, lamentou que o ritmo de perseguição cristã tenha acelerado em todo o mundo, especialmente no mundo islâmico.

Curta-nos no Facebook

“O ódio anti-cristão que surge do Islã tem explodido em 2011, como se vê nos terríveis atentados no Egito, Paquistão e Iraque já este ano,” disse. “A vigilância constante é necessária na luta para defender o direito humano fundamental de liberdade religiosa. Aqueles de nós que têm a sorte de viver em países que ortorgam a liberdade religiosa não devem se esquecer nem descuidar dos Cristãos que estão condenados pela ideologia extremista ou a tirania do governo sofrendo – ou morrendo – por sua fé.”

O informe da ICC assinalou que a perseguição dos Cristãos raramente se denuncia por meios tradicionais apesar de ser uma ocorrência comum.

Mas os ataques contra os Cristãos nos últimos meses tem chamado a atenção dos meios de comunicação e o mundo. Isto inclui o tratamento dos Cristãos no Paquistão. Milhares em todo o mundo estão pedindo pela liberdade da mãe cristã Asia Bibi, a primeira mulher a ser condenada à morte por suposta blasfêmia.

O Papa Bento XVI, em seu discurso de segunda-feira, também instou o Paquistão para que mude sua legislação sobre a blasfêmia.

Em outubro, o Papa está programado para celebrar uma cúpula inter-religiosa com foco na paz e pôr fim à violência religiosa. Ele identificou os Cristãos como o grupo religioso que mais sofre com a perseguição por sua fé.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca