Print CP Article

Para Nossa Alegria divide opinião entre evangélicos nas redes sociais

Tue, Apr. 24, 2012 Posted: 01:15 PM EDT


O sucesso de Para Nossa Alegria tem dividido opiniões entre usuários cristãos das redes sociais.

Enquanto uns consideram que a repercussão do vídeo possibilita uma maior reunião de membros das igrejas, outros encaram como uma banalização e oportunismo.

De acordo com comentários apurados no Facebook, no Twitter, no YouTube e em blogs, há aqueles que acreditam no potencial do vídeo para levar, de alguma forma, o evangelho para quem não tem esse direcionamento.

O sucesso de Para Nossa Alegria despertou a atenção de jovens para veículos evangélicos. Algumas postagens nas redes sociais indicam que as inserções do webhit em canais de TV evangélicas chamam a atenção de quem não assistia programas cristãos.

"Tava aqui mudando de canal pra ver se o Legendários (programa humorístico de TV para jovens) já começou dai tava passando um programa evangélico eu acho, cantando Para Nossa Alegria", comentou uma jovem em seu Twitter.

Além disso, a filmagem tem a capacidade de empolgar e reunir as pessoas a participarem dos cultos com alegria através da canção Galhos Secos reproduzida pelo trio.

"O melhor da noite foi com o Pastor Sérgio cantando Para Nossa Alegria no culto hoje", afirmou a jovem Tainara Carmona, também no microblog.

A mãe do trio, Mara, também repassou sua impressão, ao afirmar que a irreverência traz satisfação para as pessoas. “Tem tanta desgraça no mundo. Levamos felicidade para o povo, né?”, disse Mara em um registro no blog Clamor Universal.

Outra consequência do fenômeno Para Nossa Alegria foi uma maior divulgação do cenário gospel em mídias mais comuns.

Como exemplo, podemos citar o caso das declarações de Jefferson (rapaz do vídeo) que trouxe citações de fé para o programa Pânico na Band. Outro foi o grupo Exodo, responsável pela composição, que passou a ter uma exposição maior nos canais do YouTube.

Em contrapartida, outros comentários mostram que muita gente não está de acordo com este impacto.

Avaliações encontradas no YouTube determinam que a gravação gera um desvio no fundamento dos louvores. O evangelho é deixado de lado, em detrimento do gracejo.

"Estragaram o hino", atestou um dos usuários do site. "Ninguém mais presta atenção nos hinos de verdade", concluiu outro participante do fórum que qualifica o vídeo.

Outras pessoas também definem o videoclipe como uma maneira de tirar vantagem. "Agora só querem saber da fama. Jesus que é bom, nada", diz um dos comentários contra o Para Nossa Alegria.

O fato é que a divergência de opiniões sobre o vídeo abriu um debate sobre as formas de evangelizar, necessidade da pregação e louvor a Deus.

Luciano Portela


Copyright © Christianpost.com. All rights reserved.