The Christian Post > Mundo|Qua, 12 Jun. 2013 08:23 AM EST

Pastor iraniano enfrenta pena de morte; complicações de saúde

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O pastor iraniano Behnam Irani, preso em Teerã, no Irã por apostasia, pode enfrentar uma possível pena de morte e passa por sérios problemas de saúde, informou uma fonte próxima à ele, de acordo com o Worthy News.

  • Pastor Behnam Irani
    (Foto: Present Truth Ministries)
    Pastor Behnam Irani sorrindo em uma foto não atualizada.

“Depois de dois anos na prisão ele sofre de terríveis complicações, incluindo problemas intestinais e reumatismo”, disse Firouz Khandjani para a publicação.

Khandjani, que é um membro do conselho do movimento ‘Igreja do Irã’ a qual o pastor pertence, disse que as condições higiênicas da prisão são precárias e que os presos não tem acesso regular ao vaso sanitário.

A prisão de Ghezel Hesar é considerada uma das mais duras do país, localizada na cidade de Karaj, cerca de 20 quilômetros a oeste da capital do Irã, Teerã.

Khandjani, que já esteve preso por um momento devido às suas atividades cristãs, também apontou que no local os presos abusam sexualmente de garotos jovens publicamente. Entretanto, não há sinais de que Behnam possa ter sofrido abuso.

Behnam Irani, 42, foi inicialmente penalizado com uma sentença de 1 ano, mas que depois foi estendida para 5 anos, com a alegação de crimes contra a segurança nacional.

Curta-nos no Facebook

O veredito do tribunal recente sugere que Irani “merece” a pena de morte e Khandjani diz que teme que o Ministério Público prossiga com o caso.

“Irani, é, até onde sabemos, o único pastor atualmente no país atrás das grades, que foi implicitamente condenado à morte.”

Atualmente, outros líderes cristãos se encontram presos por causa de sua fé. Um deles é o pastor Saeed Abedini, cidadão americano que está preso na prisão de Teerã. Similarmente ao Behnam, Saeed vem sofrendo complicações de saúde na prisão enquanto não se decide o seu futuro. Ele foi condenado a uma pena de oito anos por “pôr em risco a segurança nacional”.

Outros líderes cristãos presos incluem Mohammad-Reza Farid, Saeed Safi, e Hamid-Reza Ghadiri. Eles teriam sido detidos em 29 de maio, durante um culto de uma igreja doméstica na cidade de Isfahan, cerca de 340 quilômetros ao sul de Teerã.

No ano passado, o mundo assistiu a liberação do pastor Youcef Nadarkhani que foi solto depois de três anos preso por apostasia e condenado à morte. O caso ganhou grande repercussão internacional, o que contribuiu para a sua soltura.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca