The Christian Post > Cotidiano|Seg, 22 Jul. 2013 11:14 AM EST

Pastor Marcos Pereira retira denúncia contra José Júnior da AfroReggae

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O pastor da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), Marcos Pereira, acusado de estuprar fieis da congregação, retirou uma denúncia contra o líder da AfroReggae José Júnior, considerado o estopim de todas as denúncias contra o pastor.

  • pastor
    (Foto: Seap/Divulgação)
    Pastor Marcos Pereira foi preso em maio de 2013.

De acordo com a revista Veja, Marcos Pereira retirou um pedido de indenização por danos morais contra José Júnior quatro dias antes do incêndio que destruiu a sede do AfroReggae no Complexo Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

O pedido foi feito à 24ª Vara Cível do Rio. O pastor ainda deve desistir de outras ações contra o líder da ONG, segundo seus advogados.

José Júnior foi quem iniciou as acusações contra o pastor evangélico. O líder da AfroReggae trabalhava com Marcos Pereira na ressocialização de detentos e retirada de pessoas do crime no Rio de Janeiro por vários anos.

Entretanto, a inimizade surgiu a partir de um desentendimento entre os dois em 2012, e que terminou em José Júnior acusando o pastor de querer matá-lo e ter ligação com o tráfico e outras ações criminosas.

Foi a partir dessa investigação que surgiram as denúncias de estupro e outras denúncias.

Curta-nos no Facebook

Recentemente José Júnior acusou o líder religioso - mesmo estando preso - de ter articulado o incêndio no prédio onde a ONG mantinha o jornal Voz da Comunidade e pretendia inaugurar uma pousada.

A polícia está investigando o caso e até o momento, uma pessoa suspeita foi presa.

O caso é complexo, com ambas as partes fazendo relatos de coação e ameaças nos processos que alegam estupros. Supostas vítimas de estupro do pastor evangélico desmentiram as denúncias afirmando terem sido coagidas por membros da AfroReggae.

Durante a primeira audiência, as testemunhas de acusação confirmaram as acusações de estupro contra Marcos Pereira. Uma das supostas vítimas voltou atrás e retirou a queixa contra o pastor. A polícia acredita que ela teria sido coagida.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca