The Christian Post > Cristianismo|Qua, 9 Jan. 2013 14:04 PM EST

Pastor Paulo Siqueira critica nova campanha de Silas Malafaia para arrecadar fundos

PorNatalie Neris | Correspondente do The Christian Post

Surge no meio cristão mais uma polêmica em torno da mais recente campanha lançada pelo Pastor Silas Malafaia, em seu programa Vitória em Cristo, no último sábado.

  • Silas Malafaia fala de perseguição religiosa no programa Vitória em Cristo
    (Foto: Reprodução You Tube)
    Silas Malafaia fala de perseguição religiosa no programa Vitória em Cristo

A campanha, que é de arrecadação financeira intitulada ‘Campeão da fé’, foi lançada pelo pastor juntamente com Mike Murdock, doutor e seminarista internacional. A campanha mobilizou muitos evangélicos contra e a favor da empreitada anunciada.

O "3 mil campeões da fé" consiste em que 3 mil pessoas ofertem o valor de mil reais, doze mil ou mais ao ministério de Silas Malafaia, como semente para um futuro financeiro diferente. Após essa oferta os participantes devem receber o exemplar do livro ‘O desígnio’ do Dr. Mike.

“Aquela semente de mil dólares quebrou a pobreza da minha vida”, disse Mike em sua pregação no programa Vitória em Cristo, exemplificando o que poderá acontecer com os doadores.

O dinheiro que será ofertado supostamente irá para obras sociais, escolas, treinamentos de líderes, entre outros programas.

“Nós não estamos fazendo promessas loucas...Deus reage muito mais do que propriamente usa. Ele quer reagir à sua fé, Ele quer reagir à sua liberalidade”, explica Malafaia no programa.

Curta-nos no Facebook

Em contramão do que foi pregado e anunciado, o pastor Paulo Siqueira, líder do Movimento pela Ética Evangélica Brasileira (MEEB), publicou em seu blog Pedras Clamam uma extensa e categórica crítica à campanha do pastor Malafaia e ao nível de conhecimento bíblico entre os evangélicos.

“O que se ouviu nesse programa é um ultraje a tudo o que temos no Brasil em forma de pensamento teológico. Silas Malafaia e Mike Murdock abusaram do direito de menosprezar a interpretação bíblica e toda a tradição cristã brasileira”, protestou o pastor Siqueira.

Paulo Siqueira afirma ainda que o povo cristão mudou sua visão. “Já foi o tempo em que pastores, missionários americanos chegavam em nosso país como donos do saber, e o povo ficava de boca aberta aplaudindo. Hoje temos em nosso país homens e mulheres com autoridade para interpretar os textos sagrados com maestria”, enfatiza.

“Temos uma teologia esfacelada, sem uma direção concreta. Cada instituição defende e prega sua própria teologia”, afirmou.

A assessoria do Pastor Silas Malafaia foi procurada para responder à critica apresentada. Porém até o fechamento da reportagem não foi recebido nenhum comunicado oficial.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca