The Christian Post > Cristianismo|Ter, 16 Abr. 2013 16:11 PM EST

Pastor Saeed Abedini sofre maus tratos em prisão

PorSarah Curty | Correspondente do The Christian Post

O Centro Americano de Lei e Justiça (ACLJ) recebeu a notícia de que o pastor iraniano Saeed Abedini foi espancado na prisão em que está encarcerado em Teerã e está sem remédios e sofrendo desmaios.

  • abedini
    (Foto: ACLJ)
    Pastor Saeed Abedini

O centro afirmou que pastor Saeed enviou um comunicado afirmando que chegou a ir para o hospital. “Durante a visita semanal na prisão, a família do pastor Saeed afirmou que suas condições físicas estão piorando devido ao espancamento recente. Esses golpes e os ferimentos internos estão causando desmaios no pastor Saeed”, afirmou o centro em uma declaração.

O pastor foi preso em Teerã enquanto construía um orfanato no ano passado sob alegações de que estaria “pondo em perigo a segurança nacional” e foi condenado a oito anos de prisão em janeiro deste ano. O centro chamou a decisão de “farsa”, “no entanto, sabe que a verdadeira razão pela qual Abedini foi preso é sua fé”, afirma o ACLJ.

Dentro da prisão, o pastor Saeed tem sido pressionado a abandonar sua fé cristã e sofrido ameaças. No entanto, ele não nega sua fé e, por isso, tem sofrido agressões físicas constantes que estão deixando a família do pastor preocupada com seu bem estar.

“Eu não consigo expressar o quanto estou preocupada com a saúde mental e psicológica de Saeed”, afirmou Naghmeh, esposa de Abedini. “Ele está sendo atacado e ameaçado constantemente. O governo iraniano tem que saber que estamos observando e que sabemos o que estão fazendo com Saeed na prisão Evin. Precisamos falar mais alto até que Saeed volte são e salvo para os Estados Unidos”, completou a esposa.

O ACLJ afirmou que as autoridades iranianas se recusam a prover medicamentos para tratar o pastor e que esse tipo de atitude é “desumana e uma grave violação às obrigações internacionais do Irã”. 

Curta-nos no Facebook

Além de tortura física, o pastor Abedini também está sofrendo terrores psicológicos. Ele revelou que seus colegas de cela ameaçam sufocá-lo enquanto ele estiver dormindo, o que, segundo o ACLJ é extremamente pesado para uma mente e um corpo já prejudicados.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos e congressistas europeus criaram uma petição para pedir a soltura do pastor e arrecadaram mais de 560 mil assinaturas ao redor do mundo.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca