The Christian Post > Política|Sex, 12 Out. 2012 11:15 AM EST

Pastor Silas Malafaia promete processar ‘ativista gay’ disposto a ‘pegar em armas’ em discurso sobre evangélicos

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O pastor Silas Malafaia, da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, falou sobre o suposto pastor ativista gay que fez apologia ao uso de armas, durante um seminário LGBT, no Congresso Nacional em Brasília. Em um vídeo-resposta, o pastor Silas prometeu processá-lo.

  • silas malafaia
    (Foto: YouTube)
    Pastor Silas Malafaia responde ao ativista gay Marcio Retamero, que disse que estaria "disposto a pegar em armas se preciso for" em um discurso contra os evangélicos, no IX seminário LGBT, no Congresso Nacional, em Brasília.

No seminário, que foi promovido pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), o auto-declarado pastor Marcio Retamero, da Igreja da Comunidade Metropolitana Betel afirmou: “Eu estou disposto a pegar em armas se preciso for”, aparentemente em referência à comunidade evangélica.

Pastor Silas Malafaia respondeu indignado ao ativista gay que aparece no vídeo denunciado pelo pastor e deputado Marco Feliciano (PSC-SP).

“O camarada prega a intolerância mais radical que eu já vi. O camarada prega matar!” afirmou.

Malafaia também respondeu aos que o criticaram por pronunciar-se dessa forma, particularmente aos próprios cristãos que dizem “pastor (Silas), Deus é amor”.

“Deus é amor e, a justiça. Eu sou cidadão, me posiciono em defesa de princípios que eu acredito. Deus ama, mas Deus fez o inferno.”

Curta-nos no Facebook

“Jesus falou mais do inferno do que do céu, e urge para que seus críticos cristãos deixem de falsa espiritualidade.”

No vídeo, o pastor famoso por confrontar diretamente os grupos ativistas de defesa de direitos LGBT ainda lembra que suas palavras são contra o “ativismo gay” e não contra os “homossexuais”.

Segundo ele, se tivesse sido um 'pastor' na posição do 'ativista gay' falando em pegar em armas, “a casa já teria caído”. Mas no caso do ativista gay, “a imprensa não falou nada sobre isso”.

Pastor Silas Malafaia exige agora uma resposta do Ministério Público quanto a tal ameaça e promete que vai processar o ativista gay.

“Deus ama, mas vai condenar o pecador no inferno. (...) Isso é uma ofensa para quem título de reverendo. (...) Tá pensando que eu vô dá mole? Eu vou processar esse ‘vagabundo’.”

“Isso é uma afronta à sociedade. É uma afronta ao estado democrático de direito.”

Confira aqui o vídeo em que Marcio Retamero faz a suposta apologia ao uso de armas, e em seguida a resposta do pastor Silas Malafaia.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca