The Christian Post > Entretenimento|Qua, 16 Fev. 2011 14:28 PM EST

Pastores da PC (EUA) Falam Sobre um Novo Futuro

PorLillian Kwon | Christian Post Reporter tradutor Amanda Gigliotti

Membros da maior denominação presbiteriana no país estão atualmente entusiasmados com as conversas sobre uma necessidade de mudanças para o corpo que aumenta e diminui.

  • Presbyterian church-christian-post
    (Foto: by Roger Price)

“É tempo de reconhecer que as denominações tradicionais como a PC(EUA) tem servido no seu dia, mas agora deve ser radicalmente transformada?” colocaram o grupo de pastores, líderes leigos e anciãos.

Liderando o grupo estão, John Crosby da Igreja Presbiteriana Christ em Edina, Minnesota, e Jim Singleton da Primeira Presbiteriana em Colorado Springs, entre outros.

Em uma carta, datada no começo deste mês, o grupo lamentou que a maioria das Igrejas presbiterianas tem estado vendo mais funerais que batismos de crianças, que disputas internas sobre tais questões como ordenação sexual tem estado paralizando seu ministério, e que a única unidade que parece que eles têm deixado “está contida na cláusula de propriedade e plano de pensão.”

“Nossa visão gira em torno de entendimentos divergentes da Escritura, autoridade, Cristologia, a extensão da salvação em meio ao universalismo crescente, e um conjunto mais amplo de questões morais,” notaram eles. “Fora dos encontros presbiterianos, nós vivemos maiormente em mundos separados, com lados opostos lendo livros e jornais diferentes, participando de diferentes conferências, e apoiando diferentes causas. Não há mais nenhum entendimento em comum do que significou ser “Reformado.”

Eles chamaram seus irmãos da PC(EUA) a vislumbrarem um futuro juntos, que envolva congregações que "compartilhem nossa herança Evangélica, Reformada, Presbiteriana.”

Curta-nos no Facebook

“Nós precisamos de algo novo,” enfatizaram.

Esse “algo novo” inclui uma estrutura minimalista, “substituindo a burocracia e a maioria das regras com redes relacionais de propósito comum" e um núcleo teológico claro.

Eles propuseram formar uma nova rede, atualmente denominada Sociedade, que reuniria pessoas com mentalidade presbiteriana e os capacitaria a "construir um futuro diferente do nosso presente fraturado."

E enquanto eles planejam continuar as conversas dentro da PC (EUA), o grupo está também a ponderar, eventualmente, de formar um corpo novo Reformado, uma entidade que estaria fora da PC (EUA).

Eles reconheceram que uma tal entidade deixa menos membros na denominação de "lutar contra os desafios da atual PC (EUA)."

Mas, observou, "para muitos esse resultado simplesmente reconhece que o combate não é o caminho que nós escolhemos prosseguir. Nosso objetivo não é a sua sobrevivência institucional, mas a fidelidade eficaz como participantes plenos da Igreja em todo o mundo. Temos esperança de descobrir e modelar o que um novo ‘corpo reformado’ seria nos próximos anos.”

Protestantes de outras duas principais denominações já prepararam o caminho para estabelecer órgãos distintos para conservadores fartos com a direção liberal de suas Igrejas.

Em agosto passado, mais de 1.100 luteranos constituíram a Igreja Luterana na América do Norte depois de se separarem da Igreja Evangélica Luterana na América. No ano anterior, representando paróquias 100.000 anglicanas, ela estabeleceu seu próprio corpo da Igreja chamada de Igreja Anglicana na América do Norte, depois de romper os laços com a Igreja Episcopal.

A membresia nas principais denominações nos os EUA têm estado em declínio durante décadas. A PC (EUA) sofreu uma perda de 2,61 por cento a adesão em 2009 e atualmente possui pouco mais de 2700 mil membros. Para colocar isso em perspectiva, o grupo de pastores escreveu em sua recente carta que a PC (EUA) é agora metade do tamanho que era há uma geração atrás.

Líderes da PC (EUA) reconheceram a inquietação e as muitas propostas sendo feitas para ajudar a garantir que há um futuro. Eles ainda agradeceram àqueles que estão apresentando os desafios e as idéias e encorajaram outros a participarem das conversas.

Cynthia Bolbach, moderadora da 219° da Assembléia Geral, Gradye Parsons, escrivã da Assembléia Geral, e Linda Valentine, diretora-executiva da Assembléia Geral da Missão do Conselho, declarou recentemente: "Nós temos sido parte de muitas conversas sobre o futuro da Igreja, convencidos de que é o Espírito de Cristo acendendo conversas por toda parte.

"Para nós acreditarmos que ele está em nossos lugares de quebrantamento que a obra de Jesus Cristo sempre foi mais milagrosa. As parábolas do nosso Salvador está cheio de imagens que carregam a esperança da graça que vem de um povo viver na humildade, esperança, fé . Vivemos na fé, certos de que esta é a Igreja de Cristo, e por isso, envolvemo-nos na re-formação desta Igreja dentro da Igreja, estamos sendo chamados a ser."

Enquanto isso, o grupo de pastores que lançou este mês uma carta pediu aos irmãos para não tomarem como ofensa a sua expressão e as avaliações sombrias que eles fizeram sobre o estado atual da Igreja.

"Por favor saibam que estamos compartilhando de nossa própria experiência genuína," disse Singleton e Crosby.

Eles têm agendada uma reunião de agosto em Minneapolis para explorar o novo movimento que eles propuseram.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca