The Christian Post > Política|Ter, 28 Set. 2010 11:49 AM EST

Pesquisa Mede Conhecimento dos Americanos sobre Religião

PorAudrey Barrick | Repórter do Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

Comparado com os ateus e agnósticos, protestantes têm menos conhecimento sobre os ensinamentos, história e personalidades das grandes religiões do mundo, revela um novo inquérito.

  • Bible
    (Foto: AP Images / The Denver Post, Karl Gehring)
    Jolene Larson segura toma a Comunhão Sagrada com a Bíblia Sagrada no seu colo em Brighton, Colorado.

Das 32 questões de conhecimentos religiosos feitas pelo Pew Forum on Religion e Public Life, ateus e agnósticos tinham em média 20,9 acertos, enquanto os protestantes como um todo responderam corretamente 16.

Os judeus e os mórmons também tiveram boa pontuação, com 20,5 e 20,3 acertos, respectivamente.

Quando chegou ao Cristianismo, entretanto, protestantes evangélicos brancos estavam entre aqueles com os maiores níveis de conhecimento. Eles marcaram 7,3 das 12 questões relacionadas à Bíblia e ao Cristianismo. Os mórmons foram os únicos com a pontuação mais elevada, com 7,9.

Ainda assim, ateus e agnósticos não foram muito longe com uma pontuação de 6,7.

Os resultados, divulgados na terça-feira, são baseados em uma pesquisa nacional conduzida a partir 19 de maio a 6 junho, entre mais de 3.400 norte-americanos acima de 18 anos.

Curta-nos no Facebook

O Pew Forum empregado a ajudar o professor da Universidade de Boston Stephen Prothero, autor dos Religious Literacy, entre outros a projetar o levantamento e análise dos resultados.

Algumas das perguntas incluiram identificar: a religião de Madre Teresa, a religião dominante no Paquistão, a figura que inspirou a Reforma, que religião ensina que a salvação vem por meio da fé, e se os professores de escolas públicas podem ler a Bíblia como um exemplo de literatura.

"Nós poderíamos ter projetado perguntas mais difíceis ou mais fáceis. Acontece que, através de uma combinação de design de pesquisa e boa sorte, os resultados foram uma curva de sino quase perfeita em que a pontuação média foi exatamente a metade das 32 possíveis respostas corretas, e muito poucas pessoas têm todo o direito de todas as suas dúvidas ou questões erradas," disse Luis Lugo e Alan Cooperman, diretor e diretor adjunto da pesquisa.

Os pesquisadores também notaram que eles se recusaram a dar ao público uma nota "A" ou "F" porque eles "não têm como objetivo determinar o quanto o público deve saber sobre a religião."

No entanto, a pesquisa mostrou que os americanos fieis sabem pouco até mesmo sobre sua própria religião.

Mais da metade dos Protestantes (53 por cento) não podem identificar corretamente Martin Luther como a pessoa que inspirou a Reforma Protestante. Quarenta e cinco por cento dos católicos não sabem que sua Igreja ensina que o pão e o vinho usados na comunhão não só simbolizam, mas tornam-se realmente o corpo e o sangue de Cristo. E 43 por cento dos judeus não reconhecem que Maimônides, um dos rabinos mais venerados da história, era judeu.

De modo geral, pelo menos, dois terços dos entrevistados têm conhecimento sobre a religião de Madre Teresa, o Islã é a religião dominante no Paquistão, Moisés, o líder do êxodo do Egito, e a afirmação da Constituição de que o governo não deve criar nem interferir na religião.

Apenas um pouco mais da metade conhece que Joseph Smith foi Mórmon, que o Ramadã é o mês sagrado islâmico, o Alcorão é o livro sagrado islâmico e a regra de Ouro (Golden Rule) não é um dos Dez Mandamentos.

Quarenta e sete por cento sabe que o Dalai Lama é budista e apenas 45 por cento conhece que os quatro evangelhos são Mateus, Marcos, Lucas e João.

Menos de um terço estão bem informados sobre Jonathan Edwards participar no Primeiro Grande Despertar (First Great Awakening) e "somente protestantes " tradicionalmente ensinam que a salvação vem pela fé.

A maioria dos norte-americanos, no entanto, são capazes de responder corretamente pelo menos metade das perguntas da pesquisa sobre a Bíblia, como qual é o primeiro livro da Bíblia e onde Jesus nasceu.

Medido em seu conhecimento da religião na vida pública, 89 por cento sabem que professores de escolas públicas não podem conduzir classe em oração, mas somente 23 por cento sabem que os professores podem ler a Bíblia como um exemplo de literatura.

Notavelmente, o Pew Forum descobriu que os graduados universitários acertam oito perguntas mais na média, do que as pessoas com o ensino médio ou menos. Quem lê as Escrituras, pelo menos uma vez por semana, fala sobre religião com amigos e família, e tem altos níveis de compromisso religioso também são susceptíveis à maior pontuação.

Aqueles com menor pontuação no exame de conhecimentos religiosos incluem hispânicos católicos, protestantes, negros e americanos que descrevem a sua religião como "nada em particular."

A pesquisa foi uma tentativa de fornecer uma base de referência de quanto os norte-americanos sabem sobre a religião hoje.

Os pesquisadores observam que eles não podem concluir se os americanos em 2010, sabem mais ou menos sobre religião do que as gerações anteriores fizeram por causa da falta de dados históricos sobre os níveis de conhecimento religioso na opinião pública dos EUA.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca