The Christian Post > Vida|Seg, 13 Mai. 2013 13:38 PM EST

Pureza sexual sob ataque nas escolas do país, diz autora cristã americana

PorMelissa Barnhart | Repórter do The Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

Dannah Gresh, uma autora de best-sellers e defensora do movimento de pureza sexual, foi um oradora de destaque no evento TEDxPSU deste ano na Universidade do Estado da Pensilvânia. Ela falou sobre os mitos sexuais que estão sofrendo adolescentes e estudantes universitários que navegam por uma cultura que promove a tolerância de todos os comportamentos e escolhas sexuais, exceto a abstinência.

  • dannah gresh
    (Foto: Screengrab/purefreedom.org)
    Dannah Gresh, uma autora de best-sellers e defensora do movimento de pureza sexual.

"Nós estamos agitando a bandeira da tolerância sobre a nação, mas a única coisa que não são tolerados são a abstinência e a pureza sexual", disse Gresh em entrevista ao The Christian Post na quarta-feira. "O que alguns pais não entendem é que seus filhos adolescentes estão vivendo em uma época onde a virgindade não é tolerada."

Em sua palestra TEDxPSU, intitulada "The Walk of Fame vs The Walk of Shame (Caminho da Fama x Camoinho da Vergonha)", Gresh disse que se inspirou para abordar o assunto de por que a pureza sexual é a escolha mais saudável, física, emocional e espiritual, depois que ela recebeu uma pergunta pungente de uma estudante do estado da Pensilvânia, apanhada em cena de sexo e festa: "Por quê há tolerância para tudo, mas não para a abstinência e sobriedade aqui?"

"E eu senti que precisava fazer alguma pesquisa e começar a responder a essa pergunta", disse Gresh, que observou que a sociedade, muitas vezes usa termos contraditórios quando se discute questões relacionadas ao sexo, e muitas vezes suporta mensagens que estão cheias de mitos e mentiras.

"Algumas das mensagens que estamos ouvindo sobre sexo são mitos que promovem a mentira de que aqueles que estão esperando para ter relações sexuais quando a hora certa vier, vão acabar por ter sexo ruim", disse ela. "A virgindade é medicamente, emocionalmente e espiritualmente a melhor escolha, mas fisicamente também é a melhor escolha."

Gresh citou uma pesquisa recente de estudantes universitários que revela que 19 por cento dizem ser virgens. Mas ela também observou que, entre aqueles que estão tendo sexo, após a formatura, os meninos terão tido mais de nove parceiros sexuais e as meninas sete ou mais parceiros sexuais.

Curta-nos no Facebook

"O movimento de virgindade está aumentando, mas ainda é uma boa minoria", disse Gresh, que enfatizou em sua entrevista ao CP, que a nova tendência entre os alunos, a partir do ensino médio e secundário, é a promoção da atividade sexual e a experimentação entre os seus parceiros e uma falta de tolerância para virgindade.

Ceder à pressão sexual pode ter efeitos nocivos e duradouros, de acordo com Gresh, que disse que "10 por cento do total da população sexualmente ativa são adolescentes com menos de 18 anos, que arcam com as consequências de 25 por cento das nossas doenças sexualmente transmissíveis. Se um menina recebe clamídia, ela pode enfrentar uma vida de infertilidade."

Outra estatística que a autora quer que os pais levem a sério é que o risco de suicídio é de 12 a 24 por cento maior entre os adolescentes que são sexualmente ativos.

Gresh, que incentiva os adolescentes a manterem a sua pureza sexual, disse que seu livro mais recente, Get Lost: Your Guide to Finding True Love (Perca-se: Seu Guia Para Encontrar o Verdadeiro Amor, tradução livre) foi escrito para ajudar as meninas a entenderem de onde vem o desejo de um relacionamento com um jovem, e para encorajar as raparigas a buscarem o amor de Deus; "dê um passo para trás de caras e apenas se apaixone por Deus."

"O desejo que as meninas têm para os meninos está enraizada em Gênesis", disse ela. "A Bíblia diz que o seu desejo será para o teu marido. A resposta à ‘loucura dos meninos' não quer dizer que os garotos são ruins porque o casamento é a imagem do amor de Deus. A resposta para os desejos que não quer dizer,' Eu não preciso de amor. "O amor é a sua necessidade mais profunda. Você precisa de amor. "

O que Gresh se esforça para fazer é ensinar a adolescentes e mulheres em idade universitária a satisfazerem seus desejos por amor tendo um relacionamento com Deus, e estando na presença de Deus. Uma das muitas escrituras bíblicas as quais ela faz referência é Provérbios 19:22. Em seu livro, Get Lost, ela usa várias escrituras para refletir o tipo de relacionamento que Deus quer que as pessoas tenham, e o relacionamento que Ele deseja ter com elas.

Gresh oferece também um pedido de desculpas ao movimento de abstinência, porque "às vezes sugerem que o seu príncipe encantado virá se você fizer todas as coisas certas. A questão não é encontrar um cara; é se perder no amor de Deus. E o ponto de viver uma vida de pureza não é encontrar um cara, é obedecer a Deus. Estas são verdades muito sólidas descritas nas Escrituras."

Uma razão pela qual ela partiu para o caminho de promover a pureza sexual é devido à depressão que sentia aos 15 anos, quando ela decidiu fazer sexo com um garoto de sua mesma idade, a quem ela disse que seria um estranho para ela agora. Apesar de ela não ter quaisquer consequências físicas, como engravidar ou contrair uma DST, ela se sentiu deprimida e escondeu sua tristeza, e ela não queria que suas filhas experimentassem a mesma dor.

Como parte de sua conversa no TEDxPSU, Gresh usou ciências sociais e pesquisa da Universidade do Estado da Pensilvânia, Syracuse, da Universidade da Califórnia e da Universidade de Chicago para mostrar o impacto que a promiscuidade sexual fisiológica tem sobre os alunos.

"Em um estudo da do Estado da Pensilvânia de alunos que tiveram relações sexuais pela primeira vez, enquanto eles estavam na faculdade, eles relataram que no dia seguinte, os homens se sentiram melhor sobre si mesmos, mas as mulheres tiveram um declínio significativo na imagem corporal", ressaltou . "Um estudo da Universidade da Califórnia revelou que quando uma mulher faz sexo em um relacionamento que não é monogâmico, a quantidade certa de 'coquetel químico’ do cérebro não é secretado.

Ela ressaltou: "Se você está tendo sexo fora de um relacionamento comprometido, o seu coração vai se machucar, especialmente se você é uma mulher."

Gresh disse que a mensagem que ela está compartilhando é uma "tolerância pela virgindade". E ela está esperando que a comunidade cristã apoie sua fala no TEDxPSU e veja a mensagem para a virgindade como um passo importante.

Ela também descreveu que os alunos que estão a optar por se abster de sexo até o casamento como sendo corajosos, e disse que quer ver o país adotar a "mesma tolerância e aceitação da virgindade e a abstinência como outras escolhas sexuais em nossa cultura."

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca